Capa 21 Savage Capa 21 Savage

21 Savage diz não ser hipócrita após pedir fim da violência armada em Atlanta

21 Savage recentemente twittou que Atlanta precisava parar a violência armada, mas os usuários de mídia social o chamaram de hipócrita.

Um usuário de mídia social criticou 21 Savage quando contestou suas preocupações sobre a violência armada em Atlanta. O rapper twittou que a cidade precisava “fazer melhor” e “baixar as armas”, mas uma pessoa no Twitter respondeu com letras do rapper. A linha é de sua colaboração “Jimmy Cooks” com Drake, e foi mencionado como uma maneira inteligente de chamar a tenção do rapper por escrever letras relacionadas à violência enquanto pedia que a violência nas ruas acabasse.

Savage reagiu dizendo à pessoa que a música é para fins de entretenimento, mas ele não terminou de compartilhar seus pensamentos porque mais tarde apareceu em live do Instagram. “Quando eu digo algo sobre como eu realmente me sinto sobre Atlanta, de onde eu sou, é muita violência armada, muitos assassinatos e tiroteios acontecendo, e eu nunca vi nada assim, tipo, em toda a minha vida em Atlanta”, disse ele.

Irmão do rapper 21 Savage é morto em Londres por um amigo - Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

“Eu nunca vi isso neste ponto que está agora. Tipo, jovens sendo mortos e é apenas triste. Isso me deixa deprimido”, acrescentou 21. “Mas quando eu falo sobre isso, eles dizem que sou um hipócrita, ou isso e aquilo”, acrescentou. “Eu nunca promovi a violência, apenas faço rap sobre o que passei ou sobre o que ouvi falar, o que vi. Isso não – isso não sou eu promovendo violência. Não sou eu que estou dizendo, “Sim, a violência é legal, tanto faz. Eu digo muita merda nas músicas, é cativante. As pessoas gostam”.

“Se eu começasse a fazer música sobre Jesus Cristo e coisas assim, quantos fãs eu teria? Zero”, disse 21. “Como eu poderia alimentar minha família fazendo rap se eu estivesse fazendo esse tipo de rap? Vocês têm que ser realistas”.

21 Savage afirmou que as pessoas só o chamavam porque queriam “ganhar curtidas e ser legal”, descartando as críticas como apenas perseguição. Ele acrescentou que vários rappers estão ajudando suas comunidades com o dinheiro que ganham com suas carreiras no Rap.

Confira abaixo as postagens no Instagram e no Twitter: