Profissão Beatmaker: A arte de samplear

- Advertisement -
- Advertisement -

Sabe aquela música que você escuta e pensa “eu já ouvi isso antes em algum lugar”, então, provavelmente você já escutou em algum lugar mesmo, normalmente escutou dentro de outra música. Muitos produtores utilizam de partes de músicas antigas, desconhecidas ou até novas para fazer um trabalho novo. Essa técnica é chamada de SAMPLEAR, e o pedaço da música é o SAMPLE. Uma definição mais detalhada de sample é uma amostra, trecho ou fragmento de uma gravação maior. Os samples começaram a existir na década de 60, a partir da criação da primeira máquina de samplear conhecida como MELLOTRON, um teclado eletromecânico com uma estrutura primordial com bancos de fitas magnéticas de áudio, cada uma podendo ter até 8 segundos de duração.

Os samples só ficaram realmente populares na década de 80 graças ao HipHop e o FUNK, no qual, muitos DJs começaram a samplear ao vivo nas festas utilizando dois discos de Vinis ao mesmo tempo. O sample é o grande responsável pela revolução na música eletrônica, muito utilizado em Looping mudando a forma de criar melodias e aumentando as possibilidades dentro desse segmento. Antigamente, para fazer essa técnica era necessário ter um sample (máquina de samplear), entretanto, hoje em dia é feito dentro da própria DAW ou usando uma controladora MIDI.

Em relação aos direitos autorais, como você está usando outra música, logo os direitos existem e podem acabar causando complicações tais como multas ou apenas retirarem a música do ar. Dessa forma, usar a música de outra pessoa para fazer a sua própria não tira os direitos autorais que já existem na mesma que o sample foi retirado. Sim, é necessário a autorização para poder samplear, contudo, há artistas que não se importam com isso e outros que não aceitam de maneira alguma.

No início dos anos 80, quando começaram a usar outras músicas para loopar em algo novo, as multas eram bem discretas e o preço bem baixo, conforme o tempo foi passando e os direitos autorais se desenvolvendo isso virou uma complicação maior e bem mais caro. Um grande exemplo sobre os direitos autorais foi no caso do rapper Baco Exu Dos Blues, que acabou levando strike em músicas no Youtube e Spotify por usar samples de músicas do cantor e compositor Milton Nascimento.

Uma técnica muito utilizada para os samples não serem reconhecidos é mudar o PITCH do trecho utilizado, fazendo com que na maioria das vezes a música não seja reconhecida pelo “programa/algoritmo” dos direitos autorais.

Aqui vai algumas músicas que foram sampleadas e que vocês podem comparar:

– “O mundo é nosso” de DJONGA sampleou “Quisera No Quererte Mas” de Los Angeles Negros. Link com o comparativo das músicas:

– “Forever 21” de DELATORVI e Produção do Nagalli tem um sample interessante que não poderia ficar de fora, o looping da música vem de “Cosy in the Rocket” de PSAPP, musica que faz parte da trilha sonora da série Grey’s Anatomy. Link com o comparativo: https://bit.ly/2UPKGvc

– “Babylon By Gus” de Black Alien sampleou uma composição de 1500 chamada “Concertos Pour 4 Clavecins BWV 1065” de Johann Sebastian Bach. Link com o comparativo: https://bit.ly/2Iz4Ym0

– “The next episode” de Dr.Dre sampleou “The Edge” de David McCallum, essa diretamente do rei dos samples. Link com o comparativo: https://bit.ly/2IzNy97

Agora que você já sabe o que é um SAMPLE, precisamos entender como funciona para nos samplear e montar nosso LOOP, pra isso precisamos saber o que é um compasso musical. Dessa forma, sabendo reconhecer um compasso que vamos conseguir o nosso sample para fazer o looping.

Definição de compasso: uma forma de dividir quantitativamente uma composição musical, dividido em batidas e pausas, a maioria das músicas tem o compasso 4/4, funciona similarmente ao GRID. Foto de um compasso de exemplo:

Para entender melhor sobre compassos acessa esse link e dá uma olhada: https://bit.ly/2GCeBOT

Agora para você aprender a samplear dentro do FL STUDIO ou em qualquer outra DAW vejam o vídeo a seguir para pegar a pratica, lá tem tudo explicado e o passo a passo detalhado

- Advertisement -

Latest news

- Advertisement -

Related news

- Advertisement -