Seguir

Adidas aumenta projeção de lucro após lançamentos de novos Yeezy’s

CAPA Yeezy CAPA Yeezy

Adidas volta a vender modelos de Yeezy, o que resulta no aumento do faturamento da empresa.

No mês passado, a Adidas registrou sua primeira perda anual em mais de 30 anos, mas, ao que tudo indica, as circunstâncias agora parecem estar melhorando, com receitas aumentando 8% em relação ao mesmo período do ano passado.

A empresa emitiu um anúncio surpresa após um desempenho “melhor do que o esperado” durante o primeiro trimestre. Anteriormente, a Adidas havia estimado cerca de US$ 532 milhões para seu lucro operacional de 2024, agora elevado para US$ 745 milhões.

CAPA Yeezy

De acordo com fontes do mercado, as expectativas aumentadas foram atribuídas às vendas da linha Yeezy da Adidas, criada ao lado do rapper Kanye West.

Desde o término da parceria com Kanye West, a empresa vem vendendo seu estoque remanescente em lançamentos limitados, lançando apenas alguns modelos e cores de cada vez.

Seu último lançamento em março gerou US$ 159 milhões, levando para a empresa um lucro operacional de US$ 53 milhões. Com base em seu sucesso na venda do Yeezy, a Adidas acredita que as próximas vendas adicionarão cerca de US$ 213 milhões às receitas.

Em 2023, a marca encerrou o ano com uma perda líquida anual de US$ 63 milhões. Esta é a primeira perda líquida da marca em décadas, e o fim da parceria com a Yeezy é um grande catalisador.

Recentemente, Kanye West criticou a Adidas por vender modelos do Yeezy sem sua permissão. “A Adidas está vendendo falsos Yeezys e não estão me pagando enquanto me processam ao mesmo tempo”, escreveu.