Advogado diz que família recusou 7500 dólares de Travis Scott para funeral de vítima do festival do rapper

HOUSTON, TEXAS - NOVEMBER 05: Travis Scott performs during 2021 Astroworld Festival at NRG Park on November 05, 2021 in Houston, Texas. (Photo by Erika Goldring/WireImage)

As famílias de mais duas vítimas do Festival Astroworld recusaram a oferta de Travis Scott para cobrir os custos do funeral de seus entes queridos falecidos.

Na quarta-feira (1 de dezembro), o TMZ informou que as famílias do dinamarquês Baig, de 27 anos, e de John Hilgert, de 14, optaram por não aceitar o gesto de Travis para pagar pelos serviços de homenagem a Baig e Hilgert, ambos os quais morreram após a tragédia Astroworld em 5 de novembro. Travis anunciou logo após o evento de vítimas em massa – que tirou 11 vidas e feriu centenas – que ele cobriria os custos do funeral da vítima e forneceria assistência de saúde mental para aqueles afetados pelo evento catastrófico.

O advogado Michael Lyons, advogado da família Baig, que entre muitos outros entrou com uma ação contra o rapper de Houston, disse: “Recebemos uma oferta por escrito do advogado de Travis Scott, Dan Petrocelli, indicando que ele pagaria US $ 7.500 em enterro funerário, meus clientes estão rejeitando isso.”

Lyons ofereceu uma explicação para a decisão da família Baig de recusar a ajuda de Travis Scott, dizendo que a família não quer que La Flame se envolva no enterro de seu parente. O advogado acrescentou: “[Você] pode deduzir que, quando um pai tem que enterrar seu filho, ele não está realmente interessado nas pessoas que podem ter contribuído para esse envolvimento.”

O escritório de advocacia Mithoff, com sede em Houston, que representa a família de John Hilgert, diz que seus clientes também negaram a oferta de Travis. Isso foi confirmado ao XXL por um representante de Mithoff esta manhã. Não está claro se eles também receberam US $ 7.500 para cobrir os preparativos do funeral de John Hilgert. A família Hilgert também entrou com uma ação civil contra Travis Scott.

 

Sair da versão mobile