spot_img
spot_img

Artista Marcelo (1993agosto) morre aos 27 anos; BK’, DonCesão, Clara Lima, e mais fazem homenagens

spot_img

Notícia triste para o Rap Nacional e o audiovisual brasileiro.

Nesta quarta-feira recebemos a triste notícia que Marcelo, também conhecido como 1993agosto, veio a falecer. 1993Agosto era fotógrafo/filmmaker/diretor de arte/modelo/produtor/escritor, cujas colaborações vão de Djonga a Anitta, passando por DKVPZ e as bailarinas do Faustão, ele faleceu aos 27 anos em Floripa. Marcelo era querido por todos e a notícia sobre sua morte pegou todos de surpresa.

Muitos amigos, fãs e admiradores de Marcelo foram para as redes sociais fazer homenagens para o artista, fazendo ele se tornar um dos nomes mais comentados do Twitter nesta manhã. Marcelo foi arrastado pela correnteza na praia da Armação na tarde de sábado (21) em Florianópolis e seu corpo só foi encontrado durante a madrugada de terça-feira (23). Segundo o Instituto Médico Legal (IML) a família de Marcelo já foi até o local e confirmou a identidade dele. Perto das 11h30, o corpo do artista foi levado pela funerária. O primo de Marcelo informou que ainda não há informações sobre o velório.

No último post publicado por 1993agosto, ele mostrou um tutorial de como fazer uma iluminação caseira de baixo custo. Em 3 de janeiro tem trechos de vídeos divulgados que mostram cenas de praias no Sul da Ilha, ele citou o lançamento de um novo projeto chamado “Ondas para dar sorte” e desejou um “feliz 2021”.

Nomes como Matuê, BK’, Luccas Carlos, DonCesão, Clara Lima e mais expressaram sentimentos sobre o acontecido em redes sociais. “Não dá para acreditar” publicou Luccas Carlos, enquanto Kaire Jorge, Filho de Mano Brown, publicou “Eu te amo para eternidade irmão”.

Marcelo é natural do Rio de Janeiro, Quando criança, ele vivia entre dois lugares: Baixada Fluminense, Nova Iguaçu, onde nasceu, e Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro. Por essa movimentação constante, não tinha muitos amigos, o que o levou a encontrar outras formas de se comunicar. Por conta de seus pais serem feirantes, sempre teve muita madeira e caixotes por perto, e seu pai o ensinou a mexer com carpintaria. Logo aprendeu a construir móveis para a casa, galinheiros, por exemplo. Com sete anos construiu um robô de madeira, mais ou menos da sua altura na época, que acendia uma luz de LED no peito e nos olhos. O contato com a fotografia também vem de muito novo: o avô lhe deixou uma câmera analógica, uma Kodak que ele usava para tirar as fotos de família – e assim 1993agosto começou a treinar seu olhar.

 

 

spot_imgspot_img

Hot Topics

RELACIONADOS