Jannah Theme License is not validated, Go to the theme options page to validate the license, You need a single license for each domain name.

Assassinato de Tupac: polícia tem resposta sobre balas encontradas na casa de Keefe D

Em busca realizada na casa de Keefe D, polícia encontrou balas que podem estar relacionadas a morte de Tupac.

O caso sobre o assassinato do rapper Tupac voltou às manchetes após a Polícia de Las Vegas reabrir o caso e iniciar novas investigações. O principal alvo das novas buscas é Keefe D, ex-membro de gangue e tio do suposto assassino de Tupac, Orlando Anderson. Em sua casa, os policiais encontraram ítens que podem ajudar na apuração, inclusive balas de uma arma.

De acordo com a polícia, Duane “Keefe D” Davis teria guardado balas de revólver em sua casa, que foram examinadas por especialistas forenses para determinar a ligação com a morte da lenda do rap. Depois de descobrir as balas, as autoridades de Las Vegas também examinaram “para determinar se elas têm alguma ligação com as balas encontradas no corpo de Tupac ou na cena do homicídio”.

Fotos: RAYMOND BOYD/GETTY | YOUTUBE/REPRODUÇÃO

Recentemene, a ABC News revelou as imagens da câmera corporal da noite em que a SWAT de Las Vegas invadiu a casa de Keefe D para executar um mandado de busca. Agora, de acordo a mídia dos Estados Unidos, foi revelado que as balas encontradas na propriedade não correspondem às cápsulas da cena do crime original.

Embora esta revelação sugira que Keefe D pode ser inocente sobre a morte de Tupac, nem a ABC News nem a polícia de Las Vegas confirmaram isso. Independentemente do tio de Orlando Anderson ser exonerado do assassinato da lenda do rap, ele ainda é uma importante testemunha material no caso, já que ele estava no carro que efetuou os disparos contra Pac.

“Os itens recuperados da casa incluíam computadores, discos rígidos e fotos da década de 1990 que aparentemente mostram indivíduos que podem ter sido conectados a pessoas direta ou indiretamente envolvidas no tiroteio”, disse um oficial ligado ao caso, de acordo com a ABC News. Isso sugere que Keefe D tem mais do que um pouco de informação sobre o que realmente aconteceu na noite do assassinato de Tupac.

Keefe D afirmou em várias ocasiões que estava sentado ao lado da pessoa que supostamente atirou e matou Tupac – há muito se acredita ser o sobrinho de Keefe, Orlando “Baby Lane” Anderson , que foi morto em um tiroteio de gangue não relacionado em 1998. E ele é a única outra testemunha viva, além de Suge Knight, que pode testemunhar o assassinato do rapper.

Botão Voltar ao topo