Álbum “My Beautiful Dark Twisted Fantasy” de Kanye West era para ser chamado de “Donda’s Boy”

Quando você pergunta aos fãs que álbum de Kanye West eles classificam como o melhor, My Beautiful Dark Twisted Fantasy geralmente aparece como o mais cotado. Mas poucas pessoas sabiam que Kanye tinha um nome totalmente diferente para ele antes de ser lançado.

Em um episódio recente do podcast do ItsTheReal A Waste of Time, Rory Farrell, que faz parte do The Joe Budden Podcast, juntamente com o próprio Budden, revela que MBDTF, um projeto saudado por muitos como o melhor da carreira de Yeezy, foi originalmente chamado de Donda’s Boy. Para quem não sabe Donda era a mãe de Kanye, que morreu tragicamente por complicações decorrentes de cirurgia em 2007.

Farrell, que estava na Def Jam na época, diz que soube do título original do projeto quando compareceu a uma reunião do selo para o lançamento do próximo álbum de Kanye.

“Kanye chegou ao encontro acompanhado por um menino pequeno,ele viu todos nós e disse que não teria a reunião até que todos estivessem vestidos melhor. No dia seguinte, todos apareceram vestindo ternos, todo mundo entrou no escritório parecendo um terrível funeral”, lembra Farrell durante o podcast.

Ele continua: “Depois disso tudo ele entra, a criança abre a sua bolsa Louis Vuitton, joga uma toalha sobre a mesa. Retira duas garrafas da bolsa uma de vinho medievais e outra de Vinho Branco ou agua, não lembro pois não tinha marca e então Kanye diz: “Estou tão calmo, Podemos começar agora, então ele então tira o laptop e começa a tocar My Beautiful Dark Twisted Fantasy. Neste momento, o álbum se chamava Donda’s Boy, não sei se isso já foi comentado, mas ele se chamava Donda’s Boy e a ideia era [que] ele iria ter 10 faixas, e cada faixa seria de 10 minutos. “Runaway” tinha 20 minutos quando ele tocou e não tinha verso do Pusha”

Finalizando o assunto, Rory contou:”ele também apresentou ‘See Me Now’ com Charlie Wilson a Beyoncé ainda não estava na faixa. Ele colocou ela no outro dia, Beyoncé teve que fazer isso em uma hora e meia após o encontro. Era só ele no refrão. Que mais devo dizer? Ah e “All Of The Lights” não tinha Rihanna e The- Dream, era só Kanye, era apenas Kanye. Tudo foi tão incrível”.

 

Sair da versão mobile