Black Eyed Peas explica de uma vez por todas por que Fergie não está mais no grupo

O Black Eyed Peas se conecta com Fergie de vez em quando, mas ela não é mais um membro ativo do grupo.

O Black Eyed Peas fez um grande sucesso nos 2000, mas, ultimamente, eles não estavam atraindo a mesma atenção. Isso não quer dizer que will.i.am , apl.de.ap e Taboo não estejam trabalhando. O grupo está se concentrando menos em fazer música pop que chegará ao topo das paradas, optando por criar sons mais inovadores.

Parte da razão pela qual eles não são tão grandes como eram antes tem a ver com a saída de Fergie do grupo. Embora ela tenha sido uma adição tardia à banda, ela atraiu muitos olhos para a música deles como a única integrante feminina. Ela tinha seções destacadas em músicas como “I Gotta Feeling” e “Where Is The Love?” antes de embarcar em uma carreira solo ao lado.

O BEP explicou por que ela não está mais com eles em uma nova entrevista à Billboard após Will.i.am ser questionado se Fergie já ouviu o novo álbum do grupo. “Ela não ouviu. Ela vai ouvir quando todo mundo ouvir. Espero que ela goste”, disse ele. “Tentamos manter contato. Entramos em contato de vez em quando e dizemos olá, feliz aniversário e feliz Natal e feliz Páscoa”.

Quanto se existe problemas entre Fergie e os Peas, will.i.am disse que não há problema nisso. “Ela sabe onde estamos! Estamos no estúdio. E nós a amamos, e ela está se concentrando em ser mãe”, acrescentou. “Esse é um trabalho árduo, e é isso que ela realmente quer fazer, e estamos aqui para ela, e ela sabe como entrar em contato conosco para um retiro ou uma fuga. É realmente a maneira que Fergie a projetou, por isso a respeitamos. Adoramos Fergie e não queremos nada além de grandiosidade para ela.”

A parceria entre Black Eyed Peas e Fergie foi encerrada, oficialmente, em 2018. E em outubro do ano em questão, após um hiato de 8 anos sem novos trabalhos, o grupo lançou ‘Masters Of The Sun Vol. 1’, o primeiro sem a presença da cantora desde ‘Elephunk’. Para compensar a ausência da cantora tão querida pelos fãs, as cantoras Nicole Scherzinger e CL fazem participações especiais, entre outros diversos nomes convidados. Nos palcos, a cantora Jessica Reynoso, que venceu uma edição do ‘The Voice’ das Filipinas, substitui Fergie desde então.

A verdade é que o grupo sempre gostou de ter seus projetos paralelos e, por diversas vezes, se dissolveram temporariamente para se dedicarem a outros trabalhos. Fergie chegou a se afastar por mais tempo, para cuidar da família e, depois, lançar trabalhos em carreira solo. Os próprios integrantes da banda viviam dando declarações controversas e se contradizendo em entrevistas com relação à presença de Fergie. Às vezes, confirmavam a saída da vocalista. Por outras, voltavam atrás e negavam tudo.

Depois de muitas especulações e de assessores de imprensa desmentindo as informações, o rapper Will.I.Am decidiu encerrar a conversa confirmando que a cantora já não fazia mais parte da banda. Ela já estava afastada há alguns anos, desde que começou a focar em seu segundo álbum em carreira solo, o ‘Double Dutchess’, lançado em setembro de 2017 (11 anos após o lançamento do primeiro, ‘The Dutchess’).

Sair da versão mobile