Seguir

Bril conta que BK foi sua influência para começar a rimar: “Ele salvou minha vida”

Bril é um dos membros da Pirâmide Perdida que recebem mais atenção de seus fãs e nada mais justo do que fazer uma entrevista com o Rapper Carioca para saber mais sobre o lançamento de seu novo projeto, sua vida e carreira até aqui, além de diversas curiosidades. Recentemente o Raplogia fez isso, e em uma conversa de um pouco mais de meia hora, o artista fala sobre diversos assuntos, sendo um deles, sobre quando ele começou a rimar, tendo como BK seu maior incentivador.

“Fiquei um tempo fora, quando voltei o Sain já tinha o Start Rap, ia para os shows direto, andava de skate, tava tendo aquelas batalhas direto, Batalha do conhecimento, Batalha da Lapa, então eu passei a frequentar… mas apenas para acompanhar e sentir a vibe” conta Bril.

“Quando começou a batalha da Lapa, o BK’ começou a morar na minha rua, um dia vi ele lá batalhando e no outro vi ele na minha rua, com um snapback, ai eu pensei “Quem é esse negão? na época usar snapback era tirar maior onda, eu até pensei que era algum filho de bandido, mas ai a gente foi trocando maior ideia na batalha da Lapa, bebíamos direto todo o santo dia, desde o primeiro dia que trocamos ideia, nunca paramos de se falar”

Contou Bril que depois revelou que Bk foi sua maior influência para começar a rimar

“A gente fazia freestyle bêbado, e o BK’ se amarrava nas minhas rimas, e eu não tinha noção que eu rimava, pra mim era uma parada difícil.. e o Bk ficava todo dia “Você tem que rimar, tem que rimar”.. já tava ficando bolado com ele de tanto encher o saco, mas não sei o que aconteceu que um dia eu fiz uma rima e mostrei pra ele, no dia seguinte ele fez uma rima pra combinar com a minha e uma semana depois já fomos gravar, foi tudo precoce, Bk salvou minha vida, sou grato a ele pra caral&%$”

Confira a entrevista completa abaixo, onde o rapper também fala que já foi viciado em crack e fala sobre a faca.