Cardi B emite nota após se declarar culpada de agressão e ameaça contra duas mulheres

Capa Cardi B

Foto: reprodução

Cardi B divulgou uma declaração sobre “ser responsável por suas ações”.

Um obstáculo criminal pesado acabou para Cardi B agora que ela aceitou um acordo judicial. Foi alegado que em 2018, Cardi, juntamente com seus co-réus Tawana Jackson-Morel e Jeffrey Bush, estava envolvida em um ataque a duas irmãs que eram bartenders em um clube de strip. As mulheres alegaram que a rapper acreditava que uma delas estava tendo um caso com o marido Offset, então ela orquestrou um ataque.

O litígio perdura há anos com blogs de fofocas compartilhando fake news sobre supostos acordos ou dizendo que Cardi possivelmente seria presa. Ela negou a especulação a cada passo do caminho e, nesta manhã (15 de setembro), a ABC 7 New York informou que o rapper de “Up” se declarou culpada como parte de um acordo judicial.

De acordo com o veículo, Cardi evitou acusações criminais e “se declarou culpada na quinta-feira por agressão de terceiro grau e perigo imprudente, ambos delitos”. Ela terá que cumprir “15 dias de serviço comunitário” e se não cumprir, “terá que cumprir 15 dias de prisão ”. O co-réu Bush foi acusado de executar o ataque e foi sentenciado a seis meses de prisão.

Após a notícia, Cardi compartilhou esta declaração:

“Parte de crescer e amadurecer é ser responsável por suas ações. Como mãe, é uma prática que estou tentando incutir em meus filhos, mas o exemplo começa comigo. Tomei algumas decisões ruins no passado que não tenho medo de enfrentar e admitir. Esses momentos não me definem e não refletem quem eu sou agora. Estou ansioso para superar essa situação com minha família e amigos e voltar às coisas que eu amo mais – a música e meus fãs.”

Cardi, Morel e Bush declararam que não terão nenhum contato com as vítimas neste caso. Jade Wattley foi a mulher agredida a mando de Cardi. Naquela época existiam rumores de que ela era amante de Offset. Hoje a jovem é namorada do rapper Tekashi 6ix9ine

Sair da versão mobile