Cardi B explica que não foi condenada por contratar homens para agredir mulheres em 2018

Capa Cardi B

(Photo by Yuki IWAMURA / AFP) (Photo by YUKI IWAMURA/AFP via Getty Images)

O caso vem de 2018, quando duas bartenders de um clube de striptease acusaram Cardi B de ordenar um ataque por conta de um suposto caso com Offset.

Depois de “ser responsável por [suas] ações” e se declarar culpada de acusações menores em um caso de agressão que remonta a 2018, no início desta semana, Cardi B compartilhou fotos de seu dia no tribunal no Instagram, bem como uma mensagem para qualquer pessoa que espalhasse falsas informações sobre ela se declarar culpada de todas as acusações contra a artista no Twitter.

Na quinta-feira (15 de setembro), a rapper compartilhou uma foto sua junto com sua equipe jurídica descendo as escadas do tribunal. Ela também divulgou uma imagem dela olhando para o lado, cabelos ruivos e unhas compridas emoldurando seu rosto. Para o grande dia na frente do juiz, a jovem de 29 anos usava um elegante vestido branco e brincos de argola prateados.

(Photo by Leon Bennett/WireImage)

“Todos os dias o sol não vai brilhar, mas é por isso que eu amo o amanhã”, escreveu Cardi B na legenda, ganhando quase dois milhões de curtidas em menos de 24 horas. Na seção de comentários, os fãs elogiaram a rapper “Hot Shit” por sua beleza e bravura. “Você precisa fazer um filme foda com esse tipo de visual”, revelou um usuário. “Você quase matou seu marido, mas tinha boas razões para o tipo de filme”.

No Twitter, a hitmaker de “Invasion of Privacy” retweetou a mensagem de outro fã, desta vez lembrando às pessoas que – apesar dos comentários falsos que circulam online – ela não se declarou culpada de todas as acusações em seu caso de agressão. “A narrativa de que Cardi se declarou culpada de enviar homens para bater nas gêmeas é uma mentira”, começou o tweet em questão.

“Ela se declarou culpada de agressão em terceiro grau e ameaça imprudente em segundo grau por jogar baldes (nas mulheres em uma briga na boate). Em nenhum lugar é dito que Cardi enviou um homem, eram duas mulheres que também estavam no tribunal”. Como informa a NBC News, a diretora criativa da Playboy terá que cumprir “15 dias de serviço comunitário” e se não cumprir, “terá que cumprir 15 dias de prisão”.

Confira abaixo as postagens no Instagram:

Sair da versão mobile