Chris Paul vai atrás de fã que supostamente empurrou sua mãe durante os playoffs da NBA

Capa Chris Paul

Foto: Reprodução

Chris Paul teve que ser contido pela comissão técnica da equipe

No domingo, o Dallas Mavericks derrotou o Phoenix Suns para empatar sua série em dois jogos cada. Foi uma grande vitória que os fãs realmente não esperavam. Parecia que o Suns era o time muito melhor, mas agora, as coisas estão equilibradas e o Phoenix tem todos os motivos para estar um pouco cauteloso agora. Talvez o maior acontecimento da partida, no entanto, tenha sido quando um admirador da equipe do Mavericks supostamente empurrou a mãe de Chris Paul e até colocou as mãos em sua esposa.

Fontes próximas à situação dizem que toda a família se sentiu insegura e, como você pode ver no clipe abaixo, Paul ficou furioso ao tentar ir atrás do fã, que parecia ser bem jovem. Após o jogo, o atleta foi ao Twitter, onde disse: “Querem multar jogadores por dizerem coisas aos fãs, mas os fãs podem colocar as mãos em nossas famílias… f*da-se isso!!”

Foto: Créditos na foto

A partir daí, os Mavericks divulgaram um comunicado sobre o incidente, dizendo: “O Dallas Mavericks está ciente de um acontecimento entre um fã e a família de Chris Paul. Foi um comportamento inaceitável e não será tolerado. Os Mavericks, juntamente com o American Airlines Center, rapidamente removeram o torcedor do jogo de hoje”. Há uma chance muito sólida desse fã ser banido por muito tempo. Até então, no entanto, os Mavs estarão procurando aumentar sua segurança.

Em noticias relacionadas, Chris Paul fará parte de Conselho de Universidades Historicamente Negras dos Estados Unidos do governo Biden. Dezessete outros novos membros foram nomeados para o conselho consultivo, que também é composto por vários presidentes de HBCUs nos Estados Unidos. Este conselho terá a tarefa de criar novas maneiras de ajudar ainda mais a Iniciativa HBCU, que é um projeto que está em andamento desde o início dos anos 80 e que agora terá uma nova administração.

Confira abaixo as postagens no Twitter:

 

 

Sair da versão mobile