Coleção Yeezy Gap de Kanye West está sendo criticada pela forma que está sendo vendida

Kanye West está sendo criticado por aparentemente “fetichizar” moradores de rua como “musas da moda”.

Os produtos Yeezy GAP de Kanye West provocaram muitos debates online nos últimos meses, e o lançamento mais recente do rapper não é exceção. Caso você ainda não tenha ouvido falar, o rapper insistiu que seus moletons, calças e outras roupas fossem vendidas em um saco de lixo, com alguns usuários do Twitter afirmando que Ye insistiu que os funcionários não ajudassem os compradores a encontrar seu tamanho, seguindo a experiência que ele quer passar com as vendas.

“É assim que eles estão vendendo Yeezy GAP”, uma conta postou na segunda-feira (15 de agosto), compartilhando uma foto de roupas jogadas em cima de um grande saco. “O vendedor disse que Ye ficou bravo quando viu que eles tinham pendurado em cabides, era dessa forma que ele queria. Eles não vão ajudá-lo a encontrar [seu] tamanho também, você só precisa vasculhar tudo”. diz a conta, mostrando uma foto das peças jogadas em grandes sacos.

 

A postagem inicial recebeu dezenas de milhares de curtidas e respostas e, embora alguns estejam do lado de West, muitos não se impediram de expressar sua opinião negativa sobre a forma que a coleção Yeezy GAP está sendo vendida. “O fetiche de Balenciaga e Kanye com sem-teto como ‘musas da moda’ [é] tudo o que há de errado com bilionários”, diz uma resposta. “Eles não veem mais a situação das pessoas, eles não veem humanos que estão sofrendo, eles veem oportunidades para serem ‘loucos’ e lucrar com isso… É nojento.”

Em resposta, alguém argumentou: “Não são os pobres que compram essas roupas. São os ricos [pessoas], então ele não está lucrando com ninguém que está sentado nas ruas com essa aparência. É exatamente o mesmo visual, então desculpe todos os outros criativos que usar as coisas ao nosso redor como inspiração. Ele fez isso e disse o que disse.”

Veja abaixo.

Sair da versão mobile