Criminosos roubam R$ 1,8 milhões em NFTs Bored Ape via Discord; entenda!

Essa não é a primeira vez que o ataque acontece.

R$ 1,8 milhões em tokens não-fungíveis (NFTs) Bored Ape foram roubados de um canal privado no Discord. O roubo aconteceu no dia 4 de junho após Boris Vager, gerente do grupo Yuga Labs, ter sua conta invadida. O criminoso publicou links fraudulentos de phishing no servidor oficial do Bored Ape Yatch Club (BAYC) e no do projeto de metaverso Otherside. O incidente logo foi reportado por um usuário do Twitter chamado @NFTherder, que alegou ter conhecimento de quatro carteiras diferentes afetadas

Yuga Labs, a equipe responsável pela coleção NFT, afirmou que estava investigando o incidente. Porém, outros na indústria cripto afirmaram que o hack não é culpa da ferramenta e sim dos usuários de BAYC no Discord. “Não culpe o Discord se usuários são alvo [de ataques] de engenharia social, deixam suas DMs [mensagens privadas] abertas e clicam em links de phishing”, afirmou o analista OKHotShot. “Primeiro, use a ferramenta corretamente antes de culpá-la.”

BAYC é uma coleção muito requisitada de fotos de perfil (ou PFP) de primatas excêntricos, criados como NFTs na blockchain Ethereum. Pessoas ricas e famosas, como Eminem, Madonna e o bilionário empreendedor Mark Cuban, já adquiriram seus Bored Apes.

NFTs são contratos de propriedade sobre itens digitais e estão sendo usados para ajudar a revolucionar o mundo da arte e da música. Esse modelo tem atraído bastantes artistas e atleta, como o craque Neymar que já tem alguns

Por fim, vale bastante recordar que a invasão mais recente não foi a primeira envolvendo as mídias socias do BAYC. Em maio, a sua conta oficial do Instagram também foi hackeada, o que resultou em um roubo de US$ 2,8 milhões.

Confira o post abaixo:

Sair da versão mobile