Donata Meirelles não é mais afiliada a Vogue.

Donata Meirelles se afastou oficialmente de sua posição como diretora de estilo da Vogue Brasil depois que ela sofreu uma grave reação por seu tema de aniversário de 50 anos. Fotos da festa mostram Donata sentada em uma cadeira decorada com duas mulheres negras ao seu lado. As pessoas foram rápidas em apontar que as mulheres usavam roupas que os escravos usavam e que a cadeira era a de lideres religiosos de religiões de origem africana.

“Hey @CondeNast, Donata Meirelles, diretora da Vogue Brasil, teve sua festa de aniversário inspirada nas “Colonias de Escravos Brasileiras “e até teve modelos negras vestidas de escravos para usar como adereços de fotos. Pergunta de um amigo: isso se alinha com os valores de sua empresa?” um usuário escreveu no Twitter.

A publicação confirmou à CNN que Donata se demitiu, e sua posição “será extinta, uma vez que foi projetado especificamente para ela”. A declaração detalhou o quanto Donata contribuiu para a revista dizendo que ela “deu nova energia para a revista”.

“Nós entendemos e respeitamos sua renúncia e seremos eternamente gratos por toda a paixão e talento que dedicou a todas as páginas que editou.”

Donata respondeu à reação dizendo que “não era uma festa temática, […] mas se pareceu diferente, me desculpe”.