Durante sua apresentação no festival Cena2k19 qeu ocorreu no último dia 30, o rapper mineiro Djonga ouviu mais uma vez do público xingamentos como protesto, contra o atual presidente Jair Bolsonaro. O coro contra Bolsonaro se tornou comum e acontece praticamente em todos os shows de Rap pelo Brasil.  Um dos que ganharam destaque foi em um show do Racionais Mc’s no Rio de Janeiro, aonde o rapper Mano Brown deu uma resposta para a platéia, “Hipocrisia. Aqui foi um dos lugares onde ele foi mais votado” disse o artista após ouvir o grito. Agora, o rapper Djonga fez algo um pouco parecido.

Após a platéia ecoar o grito conta o presidente, o rapper de “Ladrão” resolveu dar uma resposta ao público. Em tom de brincadeira, Djonga ameaçou agredir quem estivesse gritando, mas votado em Bolsonaro nas eleições. “É isso mesmo… mas quem votou nele e está gritando ‘vai tomar no c*’ aqui, e eu descobrir, vou encher de porrad*” disse Djonga antes de pedir para os fãs abrirem uma roda para o bate cabeça.

Durante o show, o rapper também fez um grande discurso sobre a evolução do Hip Hop. “Esse aqui é um movimento, que pra essa profundidade que tem hoje, reunir tanta gente, muita gente morreu, sangrou… muita gente foda deveria ta aqui… quem não queria Sabotage fazendo show aqui? infelizmente ele não está mais entre nos, para esse movimento acontecer aconteceu muita coisa por trás… tem que respeitar, não é brincadeira, e quem acha que é brincadeira pode se retirar… aqui é curtição, entretenimento, mas não é brincadeira, é trabalho” diz.