Donald Glover diz que não está conseguindo criar novas músicas após ter filhos

Donald Glover fala sobre “Atlanta”, o Oscar e muito mais durante sua aparição no “Jimmy Kimmel Live!”

Donald Glover está em alta na estreia da terceira temporada da série “Atlanta”. O ator estreou os dois primeiros episódios da última temporada na semana passada e seguiu com uma série de raras aparições na imprensa. Ontem à noite, Glover apareceu no “Jimmy Kimmel Live!” onde ele discutiu os novos episódios, bem como sua experiência no Oscar, e o lançamento de novas músicas de Childish Gambino.

Kimmel falou sobre o incidente entre Will Smith e Chris Rock no início da entrevista. Glover explicou que estava na festa da Vanity Fair, descrevendo a atmosfera como se estivesse ‘na sala de estar de alguém’. “Todo mundo estava meio que apenas conversando”, disse Donald. “Acho que parecia que você estava na sala de alguém. E meio que aconteceu. Para mim – eu nem quero entrar nisso. É como, tanto faz. As pessoas já estão cansadas disso. Elas ficam tipo, ‘Caramba, eu tenho que ler outro artigo. Já foram oito artigos. E também, tipo, muitas coisas aconteceram comigo enquanto eu contava piadas no palco, esse tipo de coisa”.

Foto: reprodução

Glover explicou que ele trouxe alguém com quem estava namorando para um show de improvisação, o que resultou no que ele descreveu como um “ataque emocional”. “Talvez eu tenha namorado ela por, tipo, duas semanas no máximo”, disse Glover. “Este foi talvez um terceiro encontro ou algo assim. Talvez o segundo. E nós estamos fazendo [improvisação] e ela está bêbada, ‘O que está acontecendo? Quem são essas pessoas?’ Ela é super barulhenta e as pessoas ficam tipo, ‘Quem é ela?’ e eu fico tipo, ‘Eu não sei’”.

Os fãs esperavam que Childish Gambino estivesse retornando para novas músicas no futuro. No entanto, Glover explicou que seu processo criativo não é como era antes de ter filhos. “Costumava fluir, mas agora tenho filhos, então nada flui mais”, disse ele. “Nada é tão fácil como costumava ser, então eu bloqueio o tempo agora”.

Confira abaixo o vídeo no YouTube:

 

Sair da versão mobile