Draymond Green diz ser mais difícil enfrentar LeBron James do que os Celtics em final da NBA

Capa Draymond Green e LeBron James

Foto: Twitter/Divulgação

Draymond Green gosta muito de LeBron James.

Draymond Green junto com a equipe do Golden State Warriors estão comemorando o título da NBA. Com uma atuação de gala de Steph Curry anotando 34 PTS, 7 Reb e incríveis 6 cestas de 3 pontos, os Warriors derrotaram a equipe do Boston Celtics no jogo 6 da série de 7. O confronto estava 3×2 para o time de São Francisco e necessitava somente de uma vitória para a equipe levar o troféu para casa. Green foi essencial na defesa e por incrível que pareça o atleta acertou duas cestas de 3 pontos.

Ainda antes do jogo 6, Draymond Green foi questionado sobre enfrentar o Celtics e como isso se compara a jogar alguém como LeBron James nas finais. Foi quando Green pisou no freio nessa questão, dizendo que ninguém pode chegar perto do nível de inteligência de LeBron na quadra. “Não se compara a jogar mentalmente contra James, que eu acho que é sem dúvida o cara mais inteligente que já jogou na NBA”, disse ele.

Foto: Reprodução

“Não *um*, ele *é* indiscutivelmente o cara mais inteligente a pisar em uma quadra de basquete. Dizer que se compara a isso é desrespeitoso com LeBron e é mentira para você”. Green fez questão de elogiar aos Celtics, observando que eles são um grupo extremamente atlético e jovem de caras que sabem muito bem jogar. Vale lembrar que LeBon e Draymond são amigos e sócios em vários empreendimentos,

Enquanto isso na cidade de Los Angeles, LeBron James ainda não sinalizou que vai renovar com os Lakers. Se LeBron não se comprometer a assinar um novo contrato, eles provavelmente terão que manter Russell Westbrook. Digamos que LeBron assine por mais dois anos, no entanto, então o Los Angeles Lakers poderia pensar em trocar Russ. Infelizmente, com base no relatório, a equipe não espera que LeBron assuma nenhum compromisso antes do Draft da NBA, o que acaba deixando o time em um beco sem saída.

Confira abaixo a postagem no Twitter:

Sair da versão mobile