Emicida fala sobre criticas após dizer que a ‘A burguesia fede’

capa Emicida

Emicida não está nem aí para as críticas feitas.

No Rock in Rio 2022, Emicida fez uma declaração que teve uma grande repercussão principalmente nas redes sociais. Durante a sua apresentação, o rapper disse que “a burguesia fede. Durante boa parte do show, Emicida usou a sua voz para fazer protestos contra o atual governo e também contra todo o sistema político e social que nos cerca atualmente.

No Twitter, o rapper esteve entre os assuntos mais comentados no dia 4 e no dia 5. Grande parte dos críticos do Emicida, falam que ele disse palavras contra a  burguesia e estar vestido com uma roupa cara da marca luxuosa Gucci e que no festival as entradas custavam quase mil reais. Emicida foi para as suas redes sociais falar sobre o fato ocorrido no Rio de Janeiro.

“Por último, uma ideia que já disse, mas vale repetir. Se você se ofende ao ver pretos em roupas caras ganhando seu dinheiro honestamente, mas não sente a mesma indignação ao vê-los na miséria, você não é um crítico, você é só um arromb@ racista”, disparou Emicida.

Agora em um show, o rapper disse, dessa vez pessoalmente para o público a sua versão sobre o qual era a sua intenção sobre a fala. “Devia ter vindo com a minha blusa da Gucci. Irmão, é por isso que eu falo. Tem que pegar essas porr*s e jogar de volta para o passado. O tempo que eu estava no barraco em cima do esgoto, telha voando, ninguém falou nada. Deixou nós quase morrer. Eles ofendem, atacam e humilham, mas vamos continuar passando”, falou o rapper.

Confira o post abaixo:

Sair da versão mobile