Eminem afirma que não teria uma carreira de sucesso sem ajuda de amigo que faleceu

Eminem e Proof

Eminem visitou o podcast de Mike Tyson e falou sobre seu amigo de infância Proof, que foi assassinado em 2006.

Eminem é um dos rappers mais célebres do mundo, que lança álbuns de sucesso em sequencia, mas quando ele ficou cara a cara com Mike Tyson, Em se transformou em um fã. “Sou um grande fã seu”, disse Eminem à lenda do boxe durante seu episódio do Hotboxin com Mike Tyson. “Eu não posso nem… Eu me sinto como uma criança agora! Isso é loucura.”

“Para mim, o rap é como um trabalho 24 horas por dia, 7 dias por semana, e é preciso muita dedicação para manter o foco na caneta”, disse Eminem. “É um tipo diferente de disciplina para lutar. Para entrar no ringue e lutar em primeiro lugar.” O rapper ficou atento durante a maior parte da conversa, absorvendo as palavras que Tyson compartilhou com ele sobre sua história no boxe, inseguranças e mentalidade de sobrevivência.

Existem muitas jóias no diálogo, incluindo Eminem contando a história de ser descoberto e como foi crescer em Detroit. O rapper falou sobre aprender a lutar por causa de suas contínuas brigas físicas quando jovem, admitindo também que ele tem uma educação que parou na oitava série. Enquanto eles discutiam sobre ter pessoas em seu círculo que aumentam sua confiança nesse mundo louco, Eminem compartilhou “é isso que Proof era para mim”.

“Ele foi uma dádiva de Deus para mim porque eu sei que não teria conseguido sem ele”, disse Eminem. Proof era um amigo de infância de Eminem que foi assassinado em 2006. Shady disse que Proof o “apoiou” onde quer que ele fosse. “O nome dele significava algo, porque as pessoas o respeitavam.”

Assista ao episódio completo abaixo.

Sair da versão mobile