Catu Oliveira é uma MC, poeta, produtora e estudante de pedagogia. Nascida e criada em Barros Filho (RJ), hoje reside em Guadalupe (RJ), ambos na Zona Norte do Rio de Janeiro, onde integra os coletivos Favela Tem Voz e Roma 9.

Desde criança, a artista sempre gostou de ler, escrever e conheceu o rap aos 13 anos, tendo como referência Mv Bill e desde então se apaixonou pelo gênero. Foi aos 19 anos que decidiu sair da platéia para o palco.

Em 2017, Catu se dedicou aos slams de poesia onde já foi campeã de 16 edições de diferentes slams.

Em 2018 representou o Rio de Janeiro, ao lado de Matheus Cotta, no Slam Nacional em Dupla – Etapa Sudeste, realizado em São Paulo.  Também em São Paulo foi convidada a participar de batalhas como “A grande batalha slam x slam” e do “Slam Resistência”  juntamente com os coletivos “Nós da Rua” e “Poetas Favelados” que tiveram papel importante no início da sua jornada.

 

A rapper e poeta realiza performances poéticas  em transportes públicos e encontrou no trem uma forma de manter financeiramente seu sonho e sua realidade. Como produtora da cena cultural urbana carioca, destaca sua participação na organização do SlamRJ – Campeonato Estadual de Poesia FaladaSlamx, Slam Marginow, Slam cantaresa entre outros somando 9 slams por toda a cidade. Além das rodas culturais em Colégio e São João, polos do coletivo Favela tem voz.
E, ainda para o ano de 2018, Catu está preparando um novo single, além de ser uma das chamadas para a cypher 360k, que será lançada em Julho.