Estrela do trap nacional, TZ da Coronel já tem média de 15 shows por mês

capa tz da coronel

TZ da Coronel é um dos nomes em ascensão no trap nacional

Com uma média de 15 shows por mês, sendo vários deles sold out, Tz da Coronel é dono dos hits “Trajado de Glock” e “Anota a Placa” e vive uma carreira de sucesso meteórico, arrastando multidões em todo o Brasil. “Estar no palco é muito maneiro, tem uma energia e uma vibe surreal. Também é bem legal encontrar com os fãs”, confessa o artista. “Eu gosto de fazer um show grande, com um palco bem bolado e muita gente”, completa.

Tímido, TZ prefere uma plateia maior, mas ao mesmo tempo adora a sensação de estar mais perto das pessoas. Cada show do artista dura em média 45 minutos, e seu repertório é composto por músicas autorais. “Hoje em dia eu gosto de abrir com ‘Anota a Placa’, que é a mais famosa, e terminar com ‘Essência de cria’, que passa a ideia de final de show. Mas para os próximos, vou terminar com ‘Visão de cria’, que é minha última música lançada”, explica.

Natural de Cabo Frio (RJ), do Morro do Limão, o cantor iniciou sua caminhada através das batalhas de rima e já foi convidado para o line up de grandes festivais como Cena SP e REP Festival. “Tem algumas músicas que não podem faltar no show, como ‘Anota a Placa’, ‘Met Gala!’, ‘Não faz isso comigo não’ e agora ‘Mão na gola’, minha atual música de trabalho. Acho que isso é muito importante, assim como tirar algumas do repertório que já estão mais frias”, revela o rapper

TZ vem colhendo os bons frutos do trabalho árduo. Recentemente assinou com o selo “Nada Mal”, do artista Filipe Ret, reforçando ainda mais a ascensão do cantor no cenário do trap nacional. Hoje soma números expressivos, com mais de 2 milhões de seguidores no Instagram, 2 milhões de ouvintes mensais no Spotify totalizando em todas as plataformas de streaming quase um 1 bilhão de execuções em suas músicas dentro do seu primeiro ano de carreira.

Unindo funk e trap, TZ da Coronel fez seu nome na cena musical no início de 2021. Durante a pandemia, os hits “Trajado de Glock” e “Anota a Placa” sacudiram as plataformas digitais, como Tik Tok, YouTube e Instagram, levando o cantor de 20 anos a uma agenda lotada de shows pelo país assim que eles foram liberados. O primeiro single viralizou alcançando mais de 20 milhões de views e quase meio milhão de postagem coreografadas.

Sair da versão mobile