Filha de Benzino, Coi Leray sai em defesa de Eminem após seu pai criticar indução do rapper ao Hall da Fama

Coi Leray parece estar com receio de que as declarações de Benzino recaiam sobre ela.

A rapper Coi Leray está defendendo Eminem depois que seu pai Benzino criticou o Hall da Fama do Rock and Roll por induzir o rapper de Detroit este ano, antes de alguns dos pioneiros do hip hop. Na quinta-feira (5 de maio), Coi Leray postou um tweet que parecia entrar em conflito com uma declaração que seu pai fez no dia anterior que mirou Shady.

“Eu sou sobre amor, igualdade, respeito e perdão”, postou Coi. “Não tenho nada contra Eminem, 25 anos da minha vida, tudo o que sei é que ele é um artista e ator muito talentoso! ( 8 Mile foi ótimo) Vamos construir pontes e superá-las antes que você queime a ponte e acabe com ela.”

O tweet de Coi parece ser uma resposta direta às postagens que Benzino publicou na quarta-feira (4 de maio), que pode indicar que ela tem receio que as ações de seu pai se recaiam contra ela de alguma forma.. Depois que o Rock and Roll Hall of Fame anunciou que Eminem estaria na turma de 2022 junto com Dolly Parton, Lionell Richie, Duran Duran, Eurhythmics, Carl Simon, Pat Benatar e Judas Priest, Benzino criticou o instituto por sua decisão.

“Rock and roll hall da fama é como o Grammy, eles não respeitam nossa cultura, Black ou Hip Hop e se você não concorda, você é racista, ponto em branco”, tuitou Benzino. “Então, onde estão Nas, Eric B e RAKIM, Kool Moe D, Epmd, Fearless Four, Fat Boyz, Lauren Hill, Little Kim, OutKast e outros 100 rappers negros?? GTFOH”, acrescentou.

Veja abaixo.

Sair da versão mobile