Filha de Eminem conta sobre seu ‘medo’ de crescer perto das drogas por conta do vício do rapper no passado

Capa Eminem e Hailie Jade

Foto: Reprodução

Ela contou também que não frequentava festas para se manter longe das drogas.

Dias após anunciar seu podcast, Hailie Jade Mathers lançou o “Just a Little Shady”. Houve rumores sobre a filha de Eminem expandir seus negócios em cosméticos e moda, mas primeiro ela compartilhou que seu podcast estaria chegando. Não demorou muito para os fãs do rapper entrarem na internet com perguntas sobre se o próprio Slim Shady estaria ou não fazendo uma aparição, mas pelo menos para o episódio de estreia, Hailie falou abertamente sobre crescer com um pai no centro das atenções.

“É tão divertido olhar para trás… pensando como um adulto, eu fico tipo, ‘Uau, isso é tão, tão surreal ‘”, disse Mathers. “E essas memórias… eu pensava que eram coisas normais, agora eu olho para trás como, ‘Puta merda, isso foi muito legal’”, continuou Haillie no primeiro episódio do podcast lançado no dia 15 de julho. Agora, ela contou sobre seu ‘medo’ de estar perto de drogas por conta do vício de seu pai.

Foto: Reprodução

Apesar de considerar que teve uma infância bastante “normal,” agora que é adulta entende como algumas partes da rotina dela estavam longe de serem comuns. No podcast, a jovem relembra como convidava os amigos para conhecer o ônibus de turnê de Eminem, pensando que o pai de todo mundo também tinha um. Ou então quando foi de limousine para Disney para um “encontro de princesas” com as amigas.

“Mesmo naquela época, éramos tão felizes e empolgadas, mas não apreciávamos aqueles momentos como fazemos hoje em dia quando falamos sobre isso e pensamos, ‘ai meu Deus, isso era tipo, incrível’,” disse. No entanto, também recordou como era conviver com o vício do pai em drogas.

Eminem admitiu o vício em entrevista ao New York Times em 2009. “Eu era o pior tipo de viciado, um viciado em funcionamento. Estava tão mergulhado no meu vício em um ponto, que não conseguia me imaginar sendo capaz de fazer qualquer coisa sem algum tipo de droga,” disse o rapper.

Hailie Jade revelou que, por conta disso, ela cresceu com um grande medo de estar por perto de drogas e álcool. No podcast, ela explicou como não frequentava festas ou bebia na época que estava no ensino médio. “Sinto que todo mundo estava fazendo isso, mas eu não… Eu era tão ingênua com tudo isso”, disse.

A jovem explicou que também não ia aos jogos de futebol americano da escola, pois jovens costumavam beber depois e ela pensava que “se fosse associada com alguém que estava lá e estava bebendo, poderia se meter em confusão”. No entanto, disse que “nunca teve problemas”, porque “nunca fez nada errado.

Sair da versão mobile