French Montana revela como ajudou Drake e Diddy a acabaram com sua rivalidade

Capa French Montana, Drake e Diddy

Foto: Getty Images

French Montana lançou seu novo álbum, Montega, na sexta-feira

O novo álbum, “Montega”, de French Montana é apenas uma das muitas novidades que chegaram aos streamers neste final de semana. Em comemoração à chegada de seu projeto, o rapper foi a Nova York para uma entrevista no The Breakfast Club, onde revelou muitas coisas, desde seu papel no fim da treta de Drake e Diddy até seus comentários recentes sobre “a maldição Kardashian”.

Na primeira faixa do projeto, “Blue Chills”, o rapper de 37 anos canta “Drake e Diddy estão bem depois daquela pequena treta”, levando alguns dos apresentadores a pedirem que ele falasse mais sobre o assunto. “Eu achei que tinha algo acontecendo, eu realmente não sabia os detalhes exatos da rivalidade entres eles”, Montana começou.

Foto: Dia Dipasupil, Getty Images

“Mas, eu sei que tive uma festa de aniversário que Iggy Azalea organizou para mim em um barco, e quando cheguei, Drake estava lá esperando por mim”, acrescentando que logo depois, Diddy apareceu em um “pequeno barco”. “Essa foi a primeira vez que eles se encontraram depois de já terem feito as pazes”.

A briga em questão começou na festa de aniversário de DJ Khaled em 2014, quando Drizzy acusou Diddy de “roubar” a batida de sua faixa de sucesso “0-100”. A Complex observou que isso foi resolvido durante um telefonema em 2015.

No entanto, segundo relatos, Drake lançou “4PM In Calabasas”, que foi uma diss contra o homem de 52 anos e Joe Budden. A partir de 2016, as coisas pareciam ter sido corrigidas, pois Diddy aceitou um VMA em nome do 6ix God. French Montana revelou que na festa mencionada, ele disse a Combs que a treta “precisava morrer” e o que quer que estivesse acontecendo de ruim entre eles, visto que ambos são amigos queridos para Montana.

“Estou feliz que eles nem sabiam que o outro estava vindo para a festa. Quando chegaram, passaram a noite inteira conversando um com o outro… Eu não disse a Drake que Diddy estaria lá, e eu não disse que a Puff que Drizzy estaria lá… Eles eram bons amigos antes disso, então, quando se encontraram, conversaram a noite toda. E eu fiquei tipo, ‘Você vê? Vocês eram melhores amigos para começar antes da treta começar”.

Em outro ponto da entrevista, Montana falou sobre os versos referente a “maldição Kardashiana”, revelando que ele não acredita que seja real e que foi junto com Kanye West que o rapper acabou com essa maldição. “É por isso que ainda estou fazendo minhas coisas. Acho que é isso que estou fazendo na música”, esclareceu.

“Eu apenas sinto que quando você sai com eles ou tem um relacionamento com a família, acho que a mídia começa a investigar toda a sua vida em cima do relacionamento e esquece suas experiências individuais, você sabe, sua vida de talento”.

Confira abaixo os vídeos no YouTube:

Sair da versão mobile