Froid sobre eleições para presidente: “Não tenho a solução, mas eu sei que não é o Bolsonaro”

Recentemente vimos que alguns nomes de destaque do Rap Nacional lançaram um grande manifesto ao lançar o “Rap Pela Democracia” nas últimas horas de quinta-feira (18). Em um vídeo que circula pela internet, nomes como Rashid, Criolo, Mano Brown, Emicida e Djonga afirmam que o estilo “é o grito do excluído, do oprimido, do marginal, do preto, do pobre, do contestador, do sonhador, de quem batalha todo dia e não perde a alegria de viver”. Apesar do nome de Froid não aparecer na lista, o rapper que acabou de liberar seu novo disco – ouça aqui – também apareceu nas redes sociais se posicionando contra o candidato Bolsonaro por meio do stories de seu Instagram.

“O bagulho do Bolsonaro é muito sério, para de atrapalhar o bagulho que a gente está tentando fazer há anos na porr* desse país.. outra coisa que eu vou falar aqui, vai tomar no c* quem ta falando que eu sou Petista.. meu bagulho é extremamente contra o Bolsonaro, vocês não estão apoiando a solução e sim a causa do problema. O problema da violência surgiu de pessoas como o Bolsonaro, de pessoas autoritárias que acham que tinha o direito de coordenar a vida das pessoas na base da violência. Vocês pegaram as pessoas, escravizaram e soltaram que nem bicho na favela, riram dos cabelos das pessoas, zoaram as pessoas e não queriam que elas fossem agressivas?”

O rapper no entanto deixou claro que ele não gosta do Haddad mas que é “uma situação muito maior”

“Meu candidato nunca foi o Haddad, acho esse cara um “pela” mas é uma situação muito maior.. é um militar louco.. eu estou do lado das pessoas, dos seres humanos, do lado dos pretos, do lado da sociedade, do lado das minorias.. eu não tenho a solução, mas eu sei que a solução não é Bolsonaro.. eu to do lado de vocês, eu não tenho partido, eu estou do lado das pessoas”.

Confira o vídeo acima.

Sair da versão mobile