Jay-Z e Pusha T se unem na música “Neck and Wrist”

Produzida por Pharrell, a tão esperada colaboração entre Pusha T e Jay-Z está oficialmente a caminho

As lendas ​​do Rap não estão brincando nesta primavera americana. Em meio à forte expectativa em torno do próximo álbum de Pusha T, o rapper divulgou algumas informações sobre o projeto. Ele falou sobre o envolvimento de Kanye West e Pharrell no trabalho e sugeriu algumas colaborações. Pusha confirmou no início deste ano que Jay-Z apareceria em seu próximo álbum, embora não tenha dado mais detalhes.

Steven Victor provocou um trecho do álbum e agora, os fãs vão poder ouvir a música na íntegra. Push anunciou que “Neck & Wrist” com Jay-Z e produzido por Pharrell Williams chegou aos serviços de streaming ontem, e como dito, o projeto já está nas plataformas de músicas. “‘Temos histórias diferentes em nossas carreiras, mas, somos incríveis’ – Hov”, Push legendou o post, junto com a arte da capa oficial.

Foto: Reprodução

A música já está disponível, então parece que a continuação de seu álbum “Daytona” não está muito longe. Pusha T provocou fortemente a colaboração no Twitter depois que um fã disse que o rapper pertencia a lista de grandes artistas ao lado de Jay e Jeezy. Push então afirmou que um dos dois artistas apareceria no álbum.

“Oh, ele ficou ocupado”, disse Pusha T a Gillie e Wallo em Million Dollaz Worth Of Game”. Os dois colaboraram anteriormente em “Drug Dealers Anonymous” e em “So Appalled” de Kanye de seu álbum de estúdio, “My Beautiful Dark Twisted Fantasy”. Em noticias relacionadas, Push disse que as faixas diss não acabam mais com carreiras no Rap e são resolvidas por executivos.

“É realmente corporativo agora. Então, é como, agora, você vai ter uma treta com o Rap e uma gravadora se envolve e o CEO fica tipo, ‘Oh, você não pode fazer isso com o meu artista’. E eles vão gostar – eu não acho que eles terminem mais carreiras porque as pessoas não têm o mesmo nível de orgulho sobre a arte”.

Confira abaixo a postagem no Instagram e escute o single no Spotify:

Sair da versão mobile