spot_img
spot_img

JAY-Z lança campanha de conscientização sobre a legalização da maconha

spot_img

A marca de cannabis de JAY-Z, Monogram, lançou uma campanha nacional para chamar a atenção para as leis desatualizadas sobre a maconha.

Quando as gravadoras não contrataram Jay-Z, ele lançou a Roc-A-Fella. Quando o champanhe Cristal rejeitou os consumidores negros, Jay lançou a Ace of Spades. E agora, com a legalização da cannabis acontecendo em muitos estados dos EUA após a guerra contra as drogas afetar desproporcionalmente negros e pardos americanos, Jay lançou a Monogram como um dos poucos empresários negros na indústria da cannabis.

Nesta semana, a Monogram anunciou uma campanha nacional para destacar os efeitos remanescentes da Guerra Contra as Drogas e a falta de progresso que realmente foi feito. A nova campanha inclui murais, outdoors, anúncios para celular e publicações selvagens em cidades como Washington, DC, Miami, NY, LA e San Francisco exibindo manchetes baseadas em fatos sobre imagens de oito indivíduos que foram acusados ​​de crimes relacionados à cannabis.

“As leis sobre a maconha estão desatualizadas e são desproporcionalmente cruéis e punitivas quando comparadas com o resto do código legal. Ainda não temos regulamentação adequada para enviar mensagens de texto e dirigir no Missouri, mas ficar em casa e fumar maconha fará com que você fique preso”, Jay-Z disse em um comunicado.

“Eu criei esta campanha para amplificar as vozes daqueles que foram penalizados exatamente pela mesma coisa que os capitalistas de risco estão agora prosperando com o mercado de cannabis legal emergente”, ele continuou. “A vida cotidiana e o futuro foram afetados por esta legislatura desatualizada – pessoas como Bryan Rone, que não pode mais seguir uma carreira em vendas por causa de uma condenação relacionada à cannabis em 2003”.

Confira alguns dos anúncios abaixo.

“A Guerra contra as drogas funciona, se o racismo sistêmico for o objetivo”

“Você pode casar com seu primo em mais estados do que os que te deixam comprar maconha recreativa”

“Maconha é um crime federal. Mesmo em estados onde fazer sexo com animais de fazenda não é”

spot_imgspot_img

Hot Topics

RELACIONADOS