Um nova relatório declara que a equipe de Kanye Weste conta com “agentes republicanos” ligados a Trump.

Pode haver uma leve confusão sobre Kanye West e sua tentativa de se tornar o 46º Presidente dos Estados Unidos, mas um relatório recente ofereceu alguma clareza. De acordo com um novo relatório do The New York Times, “agentes republicanos” ligados ao presidente Donald Trump estão ajudando Kanye a se cadastrar como candidato em alguns estados. A tática seria usada pelo Partido Republicano para ajudar a dividir o voto democrata, dando assim a Trump uma vantagem mais ampla de voltar para mais quatro anos no cargo.

“Eu gosto muito de Kanye”, disse Trump na noite de quarta-feira (5 de agosto). Kanye frequentemente falou muito bem de Trump e apoiou sua presidência. “Não tenho nada a ver com ele estar nas urnas. Não estou envolvido”, acrescentou Trump.

Nem todo mundo acredita nele, e John Legend, amigo e colaborador de longa data de Kanye, parecia estar do lado dos críticos. Ele republicou um tweet que dizia que o advogado que ajuda Kanye também faz parte da campanha de Trump. “Caso alguém precise de alguma clareza sobre o que está acontecendo aqui”, acrescentou Legend.

Ele rapidamente compartilhou outro tweet. “Enfim… Qualquer um imprudente e / ou mal informado o suficiente para se apaixonar por (Kanye) provavelmente não estaria votando em Biden (ou votando em qualquer um”.

Confira os tweets abaixo.