Kanye West não está diminuindo seu impulso contra os poderosos da indústria da música, ou suas queixas sobre não ter a chance de possuir as masters de suas canções.

O rapper Kanye West estava falando novamente na quarta-feira sobre os afro-americanos, em geral, não recebendo sua parte justa do bolo – em vez disso, ele diz que eles são usados ​​principalmente por empresas dirigidas por brancos. Ele novamente aponta para a NBA e o negócio da música como exemplos.

Em seu novo discurso no Twitter, ele diz: “Nós sentamos e assistimos Nick Cannon ser cancelado e vamos jogar bola em uma bolha com vidas negras importam em nossas costas… irmãos, vamos ficar juntos de verdade … não há NBA ou indústria musical sem negros… contratos justos são importantes… propriedade é importante.”

Insistindo que ganhou “vários bilhões”, Kanye diz que é um dos poucos que pode falar abertamente sobre esse assunto sem repercussão – a implicação é que ele é rico o suficiente para não ter que se preocupar com uma gravadora tentando amordaçá-lo.

Ye traz a conversa de volta para si mesmo e sua própria luta pela propriedade de suas gravações master, mirando a Universal Music Group e alegando que eles nem mesmo lhe darão a chance de comprá-los imediatamente – porque ele sente que eles sabem que ele provavelmente pode comprá-los.

Uma publicação que ganhou bastante destaque, foi quando o rapper jogou um de seus Grammys no vaso e apareceu urinando nele. Ele legenda sua postagem também e deixa claro que não sente muito por isso, escrevendo … “Confie em mim … EU NÃO VOU PARAR.” Presumivelmente, este é um dos 21 Grammys que Kanye tem em seu nome – prêmios dos quais ele se gabou no passado, mas que claramente não significam muito para ele atualmente.

View this post on Instagram

Kanye West jogou um de seus inúmeros prêmios Grammy na privada e urinou em cima depois de passar dias confrontando os donas das maiores gravadoras do mundo. Kanye recentemente se denominou como “novo Moisés" na luta para libertar os artistas negros de contratos abusivos com a indústria da música, a qual ele chamou de “navios negreiros" da era moderna. O rapper ainda revelou que quer se juntar com Drake, Kendrick Lamar, J. Cole e JAY-Z para que eles possam revolucionar a indústria. O ponto principal para Ye é que as grandes gravadoras são dominadas por pessoas brancas que no fim ficam com muito dinheiro que eles faturam e ainda tem os direitos sob suas músicas. Kanye está disposto a mudar isso para garantir todos os direitos de suas músicas e álbuns para seus filhos. Todos os detalhes em nosso site!

A post shared by RAP MAIS (@rapmais) on