Kanye West recebe criticas por levar Marily Manson para o Sunday Service

Manson atualmente enfrenta várias acusações de estupro e agressão sexual, além dos processos movidos por seus acusadores por agressão sexual.

O surpreendente Sunday Service de Kanye West que começou no Halloween no fim de semana passado, continua a ser um tópico de debate. O Sunday Service de YE já foram moda, mas parece que existe uma certa calmaria nos últimos meses enquanto o rapper se preparava para o lançamento épico de Donda. No Halloween, West se juntou a Justin Bieber e Marilyn Manson enquanto eles foram fotografados juntos em oração, e a inclusão do roqueiro nas aparições recentes de Ye confundiu o público.

Anteriormente, Manson fez uma aparição com West e DaBaby no evento de audição de Donda em Chicago. Isso aconteceu em meio às contínuas alegações de agressão sexual, agressão e estupro que Manson está enfrentando de vários acusadores, incluindo a atriz de Game of Thrones, Esmé Bianco. Outros que acusaram o roqueiro de abuso são sua ex-namorada e atriz de Westworld, Evan Rachel Wood, além de sua ex-assistente.

Manson negou veementemente as alegações, mas suas aparições com West fizeram com que o público questionasse as intenções de Kanye, assim como as de Manson. Os debates viraram artigos de opinião, séries de vídeos TikTok e discussões entre usuários de mídia social em todas as plataformas. Veja abaixo algumas reações em relação à reação a seguir. West, entretanto, não se dirigiu a seus críticos.

Confira:

Sair da versão mobile