Seguir

Karol de Souza fala sobre colorismo e identificação racial no Rhyme and Reason

Em suas próximas edições, outras minas também marcarão presença no programa, incluindo Drik Barbosa, Lurdez da Luz, Stefanie e Tatiana Bispo.

O Rhyme and Reason, programa original da Vevo, em que rappers são convidados para falarem sobre as razões que influenciaram suas rimas, continua a todo vapor e, em sua edição mais recente, traz sua primeira participação feminina, com a rapper Karol de Souza.

A MC de Curitiba começou a ascender ainda em 2010 e, após o lançamento de músicas como “Rap Cheio de Amor” e “Tem Quem Queira”, ficou marcada por seu timbre, presença de palco
e letras autorais, repletas de discursos críticos e empoderados.

No programa da Vevo, Karol desconstruiu a letra de “Tiro, Porrada e Bomba”, na qual rima sobre colorismo, identificação racial e racismo, falando sobre buscar o seu lugar quando se é
considerada “branca demais pra ser preta e preta demais pra ser branca”.

Confira o Rhyme and Reason de Karol de Souza abaixo: