Kim Kardashian é acusada de violar restrição e gastar água em excesso durante seca na Califórnia

Celebridades estão sendo criticadas por excederem seus orçamentos de água durante a seca no estado da Califórnia, Kim Kardashian é uma delas.

A socialite Kim Kardashian é uma das celebridades que está sendo criticada por gastar água em excesso na Califórnia enquanto o estado passa por uma enorme seca. Além de Kim, Kourtney Kardashian, Dwyane Wade e Kevin Hart são apenas algumas estrelas entre os 2.000 clientes que receberam recentemente “avisos de excedência” pelo Las Virgenes Municipal Water District, no sul da Califórnia. O aviso indica que os moradores ultrapassaram 150% de seus orçamentos mensais de água pelo menos quatro vezes desde que a agência declarou emergência de seca em 2021.

Segundo relatos, algumas das celebridades acusadas de violar as restrições de água excederam seus orçamentos em mais de 500%. Ambas as propriedades de Kim Kardashian em Hidden Hills ultrapassaram seu orçamento em cerca de 230.000 galões, enquanto a propriedade adjacente Calabasas da irmã Kourtney excedeu seu orçamento em cerca de 101.000 galões. Em junho, a propriedade de 26 acres de Kevin Hart em Calabasas excedeu seu orçamento em 519% ou 117.000 galões. Uma casa de US $18 milhões no nome de Dwyane Wade excedeu seu orçamento de água alocado em junho em mais de 1.400%, ou 90.000 galões

A lenda da NBA e sua esposa Gabrielle Union divulgaram um comunicado sobre a violação da família das restrições de água, alegando que problemas com a piscina causaram o uso de água em excesso. “Temos feito todo o possível para corrigir a situação e continuaremos a fazer grandes esforços para resolver o problema. Substituímos todas as partes do nosso sistema de piscina que [têm] a ver com fluxo de água e vazamento, além de converter para grama sintética e plantas tolerantes à seca para reduzir nosso uso de água. Continuaremos trabalhando com a cidade e a empresa de distribuição de água para garantir que isso não seja um problema no futuro”, dizia o comunicado.

Os “avisos de excedência” alertam os proprietários de imóveis: “Espera-se que os clientes cumpram as reduções no uso de água e as medidas de conservação de água que estão em vigor devido a essa emergência”. da Califórnia, uma vez que os esforços de conservação ficaram aquém das metas estaduais.

Fellipe Santos

Publicitário, carioca, apaixonado por hip hop e tatuagens
Botão Voltar ao topo