Lil Vith desabafa após ter clipe retirado do Youtube: “É difícil para eles ver um Trapper Bissexual crescendo na cena”

120

O vídeo foi alvo de ataques por meio de denúncias feitas no YouTube.

Recentemente, noticiamos que Lil Vith lançou sua nova faixa visual “Maison Margiela”, e logo após o lançamento, o clipe repercutiu bastante nas redes sociais, chegando rapidamente a mais de 200 mil visualizações. O visual no entanto acabou entrando em uma polêmica após o rapper Meno Tody acusar Lil Vith de apropriação, onde ele aparece usando armas de brinquedo no clipe e se fazendo em cima de uma estética que nunca foi da vida real dele. Agora, o videoclipe do artista foi retirado do ar do Youtube.

Na tarde desta segunda-feira (22) quando fãs tentaram acessar o clipe de Lil Vith encontraram a mensagem que o vídeo foi retirado do ar por violar as regras da comunidade do Youtube, mas o rapper acredita que sofreu um ataque.

“Bom, vocês devem saber o que aconteceu com meu vídeo no YouTube. Então, descobrimos q foi um grupo de pessoas que denunciaram o vídeo por estarmos crescendo na cena e eles querem uma cena limitada. já estamos cuidando disso. Continuem ouvindo no Spotify que já já o vídeo volta”

Lil Vith, que vem conquistando cada vez mais sucesso na cena e que é um artista bissexual, acredita que isso pode ter afetado os ataques. “É muito difícil pra eles ver um trapper bissexual crescendo na cena..” publicou em sua conta no Twitter.

Não sabemos se a exclusão do videoclipe de Vith tem a ver com os comentários de Meno Tody, mas de qualquer maneira o rapper falou sobre as críticas. “Eu ja disse, eu não sou gangstar, aquelas armas não eram reais mesmo eu nunca disse que eram… isso é cinema bro! se eu quisesse fazer vídeo com peça eu faria mas eu não sou emocionado igual vocês”.

Veja as publicações abaixo.