#FreeLilTay assume um significado maior com a ascensão de alegações de abuso terríveis.

A rapper Lil Tay sumiu dos olhos do público com sua aparente ausência da mídia social. Sua conta foi limpa em junho, antes que as palavras “Me Ajude” fossem enviadas para suas histórias sem maiores explicações. Suas atividades sociais permaneceram em silêncio até o final de semana passado, quando uma pessoa não identificada que afirma ter “trabalhado com ela no passado” assumiu sua conta.

Desde então, uma enorme quantidade de uploads alarmantes foram enviados pela conta após a reativação, muitos dos quais relacionados com seu pai, Chris Hope. De acordo com o conteúdo, Lil Tay sofreu um relacionamento abusivo com Hope. Um post alegou que o pai “frequentemente dormia com mulheres diferentes com Tay na mesma cama” ou “estava nu perto de Tay” com frequência.

Em um exemplo, a conta alega que a irmã de uma nova parceira de Hope “gritava com Tay e a trancou a força em um armário escuro por horas a fio sem motivo, tudo com o conhecimento e a permissão” de Hope.

“Ele a baniu das mídias sociais porque temia que ela expusesse a VERDADE ao mundo, a verdade sobre o que ele fez e não foi punido.”

O mais recente é um aviso estranho para Hope que revela uma situação potencialmente prejudicial para cada parte envolvida.

“Isso, Christopher John Hope está chateado comigo revelando a verdade sobre ele. E por causa disso, ele estará ingressando outra ordem judicial acelerada amanhã de manhã que fará Tay ser colocada em um orfanato, sua mãe presa e esta conta confiscada, tudo porque eu liberei a verdade sobre quem ele é. Isso não é algo que você queira fazer, Chris. Eu tenho muito mais sujeira de você e isso é só o começo. ”

Todas as publicações foram apagadas.