Capa Nicki Minaj Capa Nicki Minaj

Mattel processa empresa que usou nome da Barbie em salgadinho de Nicki Minaj

Os donos da marca Barbie estão processando uma empresa de salgadinhos que está usando uma de suas propriedades mais lucrativas.

A lendária empresa de brinquedos Mattel, Inc., entrou com uma ação federal de violação de marca contra a Rap Snacks, Inc por conta de um produto relacionado a Nicki Minaj, A rapper, Nicki Minaj, não faz parte da queixa. O processo, que foi aberto na quinta-feira, 8 de agosto, inclui uma acusação de concorrência desleal federal e falsa designação de origem, uma acusação de diluição de marca federal e uma acusação singular de violação estadual de concorrência desleal.

De acordo com um processo obtido exclusivamente pelo AllHipHop, o principal réu no caso é a Rap Snacks, Inc, empresa que deu a Nicki seu próprio sabor de salgadinho há apenas um mês. De acordo com a alegação, “por décadas, a Barbie da Mattel tem sido uma das marcas mais conhecidas e reconhecíveis do mundo”. “Desde as origens da Barbie como a primeira boneca de moda da América até a ampla linha de produtos de hoje, que inclui brinquedos inspirados em Rosa Parks, Jane Goodall e Eleanor Roosevelt, entre outros modelos, a Barbie inspirou o potencial ilimitado em gerações de crianças por meio de brincadeiras”.

Nicki Minaj: Mattel Sues Rap Snacks Over Rapper's Barbie-Que Chips | HipHopDX
Foto: Ki Price/WireImage

“A Barbie também se tornou uma franquia crescente e um fenômeno da cultura popular fora do corredor de brinquedos, de uma variedade estabelecida de produtos de consumo da marca Barbie a uma ampla gama de séries de televisão animadas populares e especiais, e iniciativas mais recentes, como o próximo live-action. Filme teatral da personagem, todos produzidos ou licenciados e apoiados pela Mattel”.

Com sua nova parceria com a rapper do Queens, a Mattel alega que a Rap Snacks está tentando lucrar com sua boneca. Os advogados escrevem: “A Rap Snacks fez a escolha deliberada e calculada de lançar uma nova linha de produtos usando a famosa marca BARBIE da Mattel”. “Essa escolha, feita sem aviso prévio à organização, foi ilegal. Como resultado, a empresa foi forçada a entrar com essa ação para defender seus direitos sobre a marca BARBIE porque o réu negociou inadmissivelmente e continua a negociar o valor e a boa vontade da famosa marca”, continuou.

O processo diz que a Rap Snacks não obteve autorização da Mattel para o “lançamento de sua nova linha de batatas fritas usando a marca BARBIE em sua embalagem e publicidade, incluindo a marca estilizada”, e alegou que isso era “propositalmente” enganoso. Uma coisa a se notar, por parte do público e da empresa acusadora, foi que a embalagem incorpora a cor rosa e a fonte exclusiva da Barbie – muitas vezes associada à boneca.

“O uso flagrante e intencional da marca da Mattel pelo réu fará com que os consumidores associem os produtos do réu com a empresa e sua marca BARBIE”, afirma a queixa. Os advogados disseram que até os representantes de Nicki Minaj voltaram ao Rap Snacks e perguntaram se eles conseguiram permissão antes do lançamento do salgadinho. Mas eles não tiveram resposta.

“A Rap Snacks nunca solicitou ou recebeu tal permissão da Mattel. A empresa começou a lançar sua linha de produtos de qualquer maneira”, afirma a alegação. Em vez disso, eles se envolveram em uma rigorosa campanha de mídia social, marketing e promoção, que incluiu a colocação da garantia com a bolsa “em um outdoor da cidade de Nova York, brindes promocionais de batatas fritas em um festival de música em Nova Orleans, um artigo exclusivo anunciando a lançamento na revista People”.

A Mattel quer ver a Rap Snacks no tribunal por causar confusão no mercado depois de infringir sua marca, “apesar de ter um aviso real dos direitos da organização em sua marca BARBIE, por volta de 30 de junho de 2022”. A empresa quer que um juiz ordene um julgamento declarando claramente a violação e impeça o estabelecimento de continuar fazendo os salgadinhos, removendo-os permanentemente de qualquer publicidade ou produto físico com a marca BARBIE-QUE de qualquer local, “incluindo qualquer site, supermercado ou ponto de venda”.

A Mattel quer que a Rap Snacks realmente cancele seus registros de marca para “Barbie” e seja premiado com “todos os lucros obtidos pelo réu Rap Snacks”. Eles também estão processando por danos punitivos e exemplares com base nos “atos dolosos e ilícitos” da empresa e honorários judiciais/advogados associados ao processo.