Mc Dricka questiona o machismo e racismo na música

capa karol dricka e ivis

Mc Dricka abriu um excelente debate sobre essas questões

A funkeira Mc Dricka, que hoje é a principal voz feminina na cena do gênero no pais, foi para as suas redes sociais fazer um questionamento muito interessante. Ela fico irritada ao ver a recepção que o Dj Ivis teve por parte do público e até por alguns artistas: “‘Karol Conka é julgada até hoje, aí vem o Dj ivis, pronto, vários feat! Que porr* e essa?”, disparou Dricka.

A cantora de rap, compositora, produtora, apresentadora e agora também ex-BBB, Karol Conká, ou como conhecida na Internet “Jaque Patombá”, Teve a sua participação no BBB21 marcada por péssimas alianças para a questão do jogo, diversos atritos com os outros participantes da casa, muitas vezes de forma agressiva, acusação de xenofobia com a participante Juliette e uma crise de ciúmes com o outro ex-BBB Arcrebiano.

Recentemente, o cantor e compositor DJ Ivis foi vaiado ao participar de apresentação do cantor cearense Tarcísio do Acordeon, em São Paulo, no sábado (4). Ao entrar no palco, ele chegou a chorar emocionado ao ver o público cantando o hit “Esquema Preferido”. O paraibano deixou o palco durante execução de “Esquema Preferido”, música de autoria dele e gravada em feat com Tarcísio do Acordeon.

DJ Ivis foi preso em julho deste ano, após vídeos de agressões dele contra a ex-esposa serem divulgados nas redes sociais. Desde do dia em que foi solto, em 22 de outubro, ele aparece na companhia de amigos e fãs nas redes sociais.

Confira a fala de Dricka abaixo>

Sair da versão mobile