Seguir

Mc Hariel fala sobre o caso da Lacoste: “Existe essa relação de amor por nossa parte e de ódio da parte deles”

Mc Hariel disse que não está nem aí para a marca

Depois de inaugurar seu primeiro perfil regional, voltado para o Brasil, a Lacoste divulgou nesta terça-feira sua nova campanha publicitária. Como protagonistas, a grife decidiu usar o cantor Jão, o ator João Guilherme, a empresária Helena Bordon e a modelo Pretta Mesmo, a única de pele negra dentre os quatro. Nas redes sociais, muitos internautas criticaram a marca por não chamar um rapper ou funkeiro para estrelar o lançamento, já que esses artistas constantemente aparecem em clipes com essas roupas.

Mc Hariel foi um dos porta-voz deste episódio e foi para as suas redes sociais falar um pouco sobre o caso. As críticas foram em torno não gosta de de associar seu nome e seus produtos a artistas periféricos, embora as roupas sejam amplamente usadas por essas pessoas, como os rappers Kyan e MD Chefe, que inclusive tem uma música , com DomLaike, chamada “Rei Lacoste”.

“Lagosta não me chamou pra nada.., Mas estou feliz que chamou uns amigos meus que pra mim é a mesma coisa que eu estar lá… e qualquer fita eu compro é porr* nenhuma. A letra antiga já dizia: Avisa o dono da Lacoste que nós não quer patrocínio, nós leva nas nota. O intuito deles de deixar favelado e pobre bem longe da imagem da marca sempre foi claro, nós compramos pq nós queremos! Eles que se foda kkkkk pq já há anos existe essa relação de amor por nossa parte e ódio da parte deles”, afirmou o funkeiro.

Confira os posts do Hariel: