Morre Jewell, a Primeira Dama da icônica Death Row Records

Capa Jewell

Foto: Instagram

Jewell teve um contrato com a gravadora nos anos 90

A cantora de R&B Jewell, também conhecida como a primeira-dama da Death Row Records, morreu. De acordo com Reggie Wright Jr., ex chefe da segurança da gravdora, ela faleceu às 5h da manhã de sexta-feira (6 de maio), cerca de dois meses depois de revelar que havia sido hospitalizada com 8 quilos de líquido no coração, pulmões e pernas. A causa oficial da morte, no entanto, não foi confirmada.

Jewell assinou contrato com a Death Row de 1992 a 1996 e teve vários sucessos com artistas como Dr. Dre, Tha Dogg Pound, NWA e Bone Thugs-n-Harmony. Em uma entrevista de 2021 ao The Art Of Dialogue, a artista se lembrou de cantar em “I’d Rather Fuck You” da NWA. Mais tarde, ela seguiu Dr. Dre da Ruthless Records para a Death Row Records, onde fez alguns trabalhos solo na trilha sonora de “Deep Cover”, bem como “Let Me Ride” e “B*tches Ain’t Sh*t” de Dre.

Foto: Reprodução

Jewell seguiu com “What’s My Name” e “Gin & Juice” da estreia de Snoop Dogg em 1993, Doggystyle e mais tarde “What Would You Do?” de Tha Dogg Pound? e “Murder Was The Case” de Snoop. O álbum de estreia da cantora, “Black Diamond”, permaneceu arquivado até o selo ser vendido nos anos 2000. Depois de um hiato, ela mais tarde se juntou à Death Row para “All Eyez On Me” de Tupac. Falando sobre sua carreira, Ela disse ao The Art Of Dialogue que ela foi “vista, mas não ouvida”, o que a artistas acreditava ser devido à sua aparência física.

“Eu nunca fui vista, mas minha voz foi ouvida”, disse a cantora. “Eu era uma garota muito bonita. Então você nunca me viu em nenhum vídeo”. Ela só começou a receber atenção depois de ser presa e cumprir três meses por uma acusação de tentativa de homicídio, período em que perdeu peso. “Eu era uma garota magra quando me assumi, então eles me colocaram no ‘O que você faria?’ vídeo”, ela acrescentou, “nunca fiquei chateada com o processo, mas fiquei brava porque meu álbum realmente nunca saiu”.

Confira abaixo a postagem no Instagram e o vídeo no YouTube:

 

Sair da versão mobile