Durante a semana o aguardado álbum de estréia de Xamã chegou as ruas, chamado de “Pecado Capital” e com participações de peso o disco gerou bastante atenção dos fãs pela qualidade dos versos do rapper carioca no disco, mas também por um verso polêmico presente na faixa “Preguiça” com o grupo Costa Gold onde o rapper Nog solta um verso polêmico que gerou críticas de fãs e artistas do cenário nacional.

Na faixa o rapper do Damassaclan rima:

“Xamã com Costa Gold nesse beat loco tira o sono / Deixa ela dormir que se ela vira, eu como / Boto o cano na goela e atiro gozo”

Depois de receber diversas críticas de artistas do cenário nacional, fãs e portais de Rap a Bagua Records decidiu remover o material no Youtube e soltou uma nota afirmando “reconhecer conflito de informações” e que estaria retirando a faixa “em respeito ao público feminino e que jamais iriam denegrir a honra e moral das mulheres” além de dizer que a faixa seria lançada novamente em uma outra versão, agora foi a vez de Nog se pronunciar.

No vídeo publicado nas redes sociais o rapper pede desculpas pelo seu verso, afirma que jamais tentou dizer algo relacionado ao estupro e esclarece toda a situação.

Veja o vídeo abaixo: