Novos detalhes da morte de Lil Peep são revelados em ação judicial

A gerente da turnê de Peep, Belinda Mercer, foi descrita como a “traficante de drogas da turnê”, segundo relatos

Novos detalhes sobre a trágica morte de Lil Peep, de 21 anos, surgiram graças a um processo de homicídio culposo movido contra a First Acess Entertainment (FAE) e outros pela mãe do falecido rapper, Liza Womack, relata a Pitchfork. No início desta semana, a agência compartilhou que um documento de provas de 372 páginas havia sido movido recentemente por advogados, incluindo mensagens de texto, entre outras provas condenatórias

“O vigor com que a FAE e a Mercer lutaram para proteger essas informações do registro público diz muito sobre a natureza dolosa dessas mensagens de texto”, disse o advogado Paul Matiasiac. De acordo com a Complex, em outubro de 2021, os advogados da FAE e da tour manager Belinda Mercer pediram que várias páginas de documentos – incluindo as mensagens mencionadas – fossem seladas. Depois disso, a representação de Womack argumentou que os documentos ajudaram a contar uma história de “má gestão infectada por drogas” que, como afirmam, “levou à morte [de Peep]”.

Foto: reprodução

No mês passado, um juiz determinou que os papéis em questão não precisavam ser lacrados, além de algumas redações. De fato, trechos agora estão sendo tornados públicos, pintando uma imagem de quão amplo tem sido o escopo do processo de homicídio culposo. No final de 2017, Peep estava pronto para sair no que acabaria se tornando sua turnê final, onde foi encontrado morto em seu ônibus em 15 de novembro devido a uma overdose acidental de drogas.

As mensagens de texto no centro do relatório datam de 25 de setembro do mesmo ano, com a equipe jurídica de Womack argumentando que provam que a turnê pelos EUA foi “mal organizada” pela FAE e Mercer, que foi descriao como a “traficante de drogas da turnê”.

“O que esses documentos contêm principalmente são trocas que revelam a gestão da turnê da FAE como perigosa, discordante e engajada em conduta que contribuiu para a morte de [Peep]”, disseram os advogados da mãe de Lil Peep.

Confira abaixo os vídeos no YouTube:

Sair da versão mobile