Pusha-T sobre trabalhar com Kanye West: “Ele tinha minha vida em sua mão”

Pusha-T delineou os riscos envolvidos em trabalhar tão intimamente com Kanye West.

Pusha-T foi um convidado no The Daily Show com Trevor Noah, onde ele falou sobre seu “colega” Kanye West, entre outros temas. Em sua ultima aparição no show, Pusha falou francamente sobre a dificuldade que a postura de apoio a Trump de Kanye provocou enquanto eles estavam no meio da finalização do projeto Daytona. Mas em sua última entrevista com Trevor Noah, Pusha-T insiste que os dias de Kanye com o boné MAGA estão acabados.

Quando perguntado sobre seu companheiro Kanye West, Pusha disse ao seu anfitrião, “Ele (Kanye) não faz mais” sobre o tema do boné vermelho MAGA modificado. “Ele parou. Ele parou”, acrescentou.

Pusha-T ofereceu ainda mais insight sobre a situação, particularmente seu método de separar negócios, amizade e política pessoal. “Você pode imaginar ter essas conversas enquanto ele está tentando fazer o meu álbum?” ele perguntou retoricamente. “Ele basicamente tem minha vida na palma da mão e eu tenho que dizer a ele que odeio alguma coisa. Sempre temos conversas reais. Sempre. Acho que é por isso que eu e ele nos conectamos tão bem e acho que é por isso que DAYTONA saiu tão bom. É um dar e receber. Se eu não gosto de algo, eu digo e ele tenta corrigir, e assim por diante.”

Trevor Noah coroou as coisas sugerindo que Kanye West era um “gênio atormentado por seus problemas de saúde mental”, dando lugar a uma conversa mais ampla sobre a consciência das doenças mentais.

Fellipe Santos

Publicitário, carioca, apaixonado por hip hop e tatuagens
Botão Voltar ao topo