Quando Rondo conta detalhes inéditos sobre tiroteio que culminou na morte de King Von

Quando Rondo detalha eventos que levaram ao tiroteio com a morte fatal de King Von em Atlanta

Em um novo vídeo carregado em seu YouTube, intitulado “6 de novembro (Entrevista Pt. 1),” Quando Rondo dá uma volta com Angela Yee e detalha os eventos que levaram ao tiro que acabou com a morte de King Von naquela noite fatídica em Atlanta. Na parte 1 da entrevista, Quando explica como as coisas aconteceram de sua perspectiva.

Ele começa relembrando uma conversa com seu amigo íntimo Timothy “Lul Tim” Leeks – alguém que ele chama de seu “gêmeo” e que é o suposto assassino de Von – e disse: “Eu fui até o carro, falo para meu irmão: ‘é esta quantia para estacionar aqui.’ Ele entra na boate, Falo pra ele encontrar uma mulher ou o que quer que seja, que ele tem apenas 15 minutos.” O rapper diz que ficou dormindo no banco de trás do carro  e acordou com a briga antes do tiroteio, Quando disse que saiu do carro e viu“ um grupo de pessoas ”vindo em sua direção.

Quer receber notícias do Rap Mais em primeira mão? Acesse nosso canal no Telegram clicando aqui e faça parte da nossa comunidade!

Ele diz: “Na minha mente, não estou nem pensando em nada.. apenas que estou prestes a deixar essas pessoas passarem por mim. Não vou brigar com essas pessoas ou nada parecido. Estou pensando que eram alguns indivíduos normais… Então, estou deixando esse grupo passar. A próxima coisa que você sabe, um idiota me atingiu. Eu não minto para você. É como se eu tivesse uma experiência fora do corpo.” A entrevista então termina com um gancho para a parte dois. Antes de seu lançamento, Quando foi pego aparentemente zombando de Von durante uma apresentação ao vivo há alguns dias. Em um vídeo que surgiu na interne ele disse: “Ele foi pego sem aquela arma e agora aquele viado se foi. Vou mijar no túmulo dele!”

Veja abaixo.

What do you think?

Written by Felipe

8 motivos que fazem Drake ser um dos rappers mais odiados do mundo

LL Cool J fala ao ser chamado de Pioneiro do ‘Pop Rap’: ‘Que porr* vocês estão falando?’