Início Destaque Racionais não vão lançar novo álbum por culpa dos eleitores de Bolsonaro

Racionais não vão lançar novo álbum por culpa dos eleitores de Bolsonaro

120

Mano Brown contou porque o icônico grupo não vai lançar um novo álbum.

O legado e a influência na música dos Racionais MC’s é inquestionável, e não há como medir corretamente a importância do maior grupo de rap do Brasil. O som de Mano Brown, Ice Blue, Edi Rock e do DJ KL Jay bate direta e indiretamente em grupos e cantores de rap desde o começo da década de 90.

É possível afirmar seguramente que, sem os Racionais, não existiriam nomes como Djonga, BK’, Emicida, Baco Exu do Blues e outros rappers experientes/consagrados na cena. Enquanto isso, os fãs clamam por um novo disco do grupo, que em quase todo ano, surge boatos de que vai acabar.

O grupo paulistano já soma três décadas em atividade, mantendo a relevância artística em cada lançamento. O último, Cores & Valores (2014), foi celebrado por sua estrutura de quase uma faixa só, contínua. No show no Rio de Janeiro em suporte a turnê de 30 anos do grupo, o rapper Mano Brown abordou sobre o tema dos boatos do fim do Racionais e afirmou o motivo do grupo não liberar um novo álbum apesar da disposição que os artistas tem.

Em poucos momentos de interação e agradecimentos, Mano Brown falou sobre os boatos do fim do grupo. “Disseram que os Racionais iam acabar em 1994, depois 1996….e a gente está aí…sem lançar disco.” Quando Edi Rock falou da possibilidade de um novo álbum, Brown foi firme na resposta. “Disposição a gente até tem, eu não sou é otário. Eu não vou fazer música de protesto para país que vota em Bolsonaro. Prefiro ficar com os meus demônios”, disse.

Momentos antes, parte da plateia tinha xingado o presidente e o rapper também foi cirúrgico. “A gente não precisa de hipocrisia. O Rio foi um dos lugares onde ele foi mais votado”.