Segundo o rapper, Tony Yayo e Lloyd Banks fugiram com as mulheres que estavam com ele

Quem está por dentro do hip-hop certamente conhece Bizarre. Famoso por ser um dos veteranos de maior influência no hip-hop dos anos 2000, o rapper é alguém que possui muitas histórias de bastidores, as quais envolvem uma série de artistas importantes para a indústria. Não é à toa, portanto, que em recente entrevista para o programa Drink Champs, Bizarre tenha aberto o jogo. 

Além de contar sobre sua relação com Eminem, um de seus melhores amigos no hip-hop e frequente colaborador, o rapper fez questão de contar um engraçada história envolvendo os membros da G-Unit – famoso grupo de rap formado por ninguém menos que 50 Cent, Tony Yayo e Lloyd Banks. De acordo com Bizarre, os rappers do grupo simplesmente “roubavam” suas groupies.

“Lloyd Banks, Buck e mais alguém estava no elevador”, conta Bizzy. “As meninas estavam no meio do elevador. Estávamos na frente. Não conseguimos ver o que eles estavam fazendo. Então, quando a porta abriu para sairmos, nós andamos para as garotas virem conosco. Então, eu vejo Tony Yayo apertando o botão. E a porta se fechou”. 

Rindo da situação, Bizarre disse que isso era algo comum à época. Muitas garotas apareciam intencionadas em se relacionar com algum rapper, mas existia uma verdadeira briga para saber quem as conquistaria. “Eles roubaram as nossas garotas!”, disse Bizarre, pouco antes de lembrar da música “Groupie Luv”, do G-Unit, na qual os rapper falam justamente sobre o assunto. 

Você pode assistir a entrevista de Bizarre no site do Tidal