Seguir

Rapper Kendrick Lamar posta foto em homenagem a Tupac no dia de sua morte

CAPA Kendrick Lamar e Tupac CAPA Kendrick Lamar e Tupac
FOTO: JIM BENNETT/FILMMAGIC | STEVE GRANITZ/WIREIMAGE

Kendrick Lamar está de viagem no Japão e fez uma simbólica homenagem a Tupac.

No mundo do Hip Hop, o rapper Kendrick Lamar sempre desempenhou um papel vital em preservar a memória do lendário rapper Tupac. Esta semana, o artista de Compton compartilhou uma série de imagens de sua recente viagem a Tóquio em sua conta pessoal no Instagram, @jojoruski, que os fãs descobriram no início deste ano.

As fotos revelam momentos especiais, incluindo um encontro com o fundador da BAPE, Nigo, e uma visita à icônica Tower Records, onde ele adquiriu cópias de “The Chronic” e “2001” de Dr. Dre. Outra imagem notável mostra Kendrick Lamar vestindo uma camiseta vintage de Tupac, emulando a pose icônica de 1994 registrada pelo fotógrafo Mike Miller, com o rapper segurando ambos os dedos médios.

Capa Kendrick camisa Tupac
FOTO: INSTAGRAM

Embora Kendrick Lamar não tenha acompanhado a postagem com uma legenda, a data escolhida para compartilhar essas imagens foi significativa. A quinta-feira marcou o 27º aniversário do tiroteio fatal em Las Vegas, no qual Tupac foi baleado várias vezes e, menos de uma semana depois, faleceu devido aos ferimentos. Este evento trágico interrompeu a vida e a carreira de uma das figuras mais influentes do Hip Hop.

Kendrick Lamar nunca escondeu sua profunda admiração por Tupac ao longo dos anos. Em uma memorável entrevista à Home Grown Radio em 2011, ele compartilhou um sonho no qual 2Pac o visitou e o incentivou a continuar seu legado. “É uma história verdadeiramente extraordinária. Você sabe quando está sonhando intensamente? Certa noite, uma silhueta apareceu e disse: ‘Continue fazendo o que você está fazendo, não deixe minha música morrer'”, recordou Lamar.

Essa experiência o assustou, especialmente porque, no dia anterior, sua mãe mencionou que ele e Tupac tinham aniversários muito próximos. Para Kendric Lamar, isso teve um significado profundo, já que parentes falecidos também haviam aparecido em seus sonhos. Quatro anos depois, 2Pac foi um personagem central no álbum vencedor do Grammy, “To Pimp a Butterfly”, que culminou em uma conversa encenada entre os dois letristas.

Embora a morte de Tupac tenha permanecido sem solução por muito tempo, este verão viu um renascimento nas investigações sobre seu assassinato, possivelmente levando a acusações. Em julho, a polícia de Las Vegas realizou uma busca em uma casa em Nevada pertencente a Duane “Keefe D” Davis, ex-membro de gangue de Compton e tio de Orlando “Baby Lane” Anderson, o suposto assassino de 2Pac, que também foi morto em um tiroteio não relacionado em 1998. Uma fonte da polícia de Vegas afirmou que as acusações contra Davis, incluindo possível homicídio em primeiro grau, são “iminentes”.

Veja as fotos abaixo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por @jojoruski