Rapper Renan Ricio libera música ‘Cheguei’; Ouça Agora!

Depois do lançamento do single de estréia “Viciado em R.A.P”, Renan Ricio lança a faixa “CHEGUEI” dando sequência ao seu próximo EP em parceria com o selo independente, Coliseu Records.
Seguindo uma sonoridade diferenciada que utiliza riffs de guitarra e beats de boombap, a letra vem carregada de autoestima, deboche e atitude, reforçando a construção de seu posicionamento dentro do cenário do Rap brasileiro.

Após criticar diversos aspectos da cena atual do rap, tais como a falta de autenticidade e musicalidade, e abordar questões sociais como machismo estrutural e intolerância religiosa, em “CHEGUEI”, o artista reforça sua identidade através de versos e rimas muito bem elaboradas.

A faixa começa com um sample das próprias músicas de seu primeiro EP  “No Fim, Memórias” como se o ouvinte estivesse trocando de estação de rádio até achar o som ideal, fazendo uma brincadeira com a sua antiga sonoridade e reforçando a ideia de que os fãs podem esperar um som mais agressivo do rapper nessa nova fase. (Para essa criar essa introdução, o artista, que também assina como produtor das faixas, buscou como referência a música “Qual Mentira Vou Acreditar” do icônico álbum “Sobrevivendo no Inferno” dos Racionais MC’s.

Citando nomes como Criolo e Emicida ao longo da música, podemos perceber suas influências do RAP Nacional mais antigo, tanto na cadência como na lírica do rapper, enquanto elementos modernos são explorados no beat e nos adlibs da faixa.

Esse é o seu segundo lançamento do ano, que fará parte do seu primeiro álbum de estúdio também produzido por Paulo Arthur e Vítor Rêgo (Coliseu Records), ainda sem data marcada para o lançamento.
O tema central do disco é o processo de autoconhecimento e amadurecimento artístico e pessoal do artista. Abraçar os próprios traumas, deixar de lado opiniões alheias e focar as energias no próprio crescimento. As músicas também batem bastante na tecla da autenticidade. Não se vender ao “hype” do mercado, fazer música que vem da alma e vivências reais do rapper. Superação, ansiedade, racismo, autoestima, inseguranças, sexo, amor, liberdade e a paixão por música são alguns dos assuntos abordados nas faixas do disco.

Confira abaixo:

Sair da versão mobile