Seguir

REP Festival cancela 15 shows após alagamento

15 artistas tiveram seus shows cancelados no REP Festival neste sábado.

Muitos problemas estão marcando o primeiro dia do REP Festival, festival de rap que acontece neste final de semana em Guaratiba, no Rio de Janeiro. A Cidade do Rep foi instalada de última hora no bairro da Zona Oeste Carioca, o que causou grandes críticas na internet pela mudança de endereço, faltando apenas 10 dias para o evento começar.

Segundo relato de pessoas que foram ao REP Festival, os portões deveriam ter sido abertos às 13H, mas apenas por volta de 14Hs o público foi liberado para entrar. Dentro do evento, mais problemas. Em diversos vídeos que circulam na internet, podemos ver bastante lama, tratores despejando brita no local e até mesmo trabalhadores terminando de montar alguns palcos. Depois do início do evento, um grande temporal começou para piorar a situação. Com isso, a organização cancelou vários shows.

reprodução redes sociais

As apresentações que foram cancelados era do palco Filtr Experimente, que trazia shows de artistas que estão em ascensão na cena e outros que já tem uma grande base de fãs construída. Sant, Ebony, Caio Luccas, Yunk Vino, Aka Rasta, Raffé, Dudu, Leozin, Dnasty, Flacko e mais tiveram suas performances cancelados por causa do alagamento e falta de condições para a realização das apresentações em segurança no Palco 3.

“Após 4 horas de viagem cheguei no local do RepFestival e recebi a notícia de que todos os shows do palco que eu iria me apresentar foram cancelados por alagamento. Peço desculpas a todos os fãs, não foi culpa da minha equipe.”, disse a rapper Ebony que apareceu jogando a sua credencial do evento no chão em um vídeo no seu Twitter.

Yunk Vino emitiu um comunicado em seus stories no Instagram dizendo que cancelou seu show por falta de suporte e organização da produção do evento. Aka Rasta também falou sobre os cancelamentos em seus stories.