Jannah Theme License is not validated, Go to the theme options page to validate the license, You need a single license for each domain name.

Sain lança o álbum ‘KTT Zoo’ com ilustração de vivências das ruas do Catete e seus peculiares personagens

Sain apresenta as suas vivências do Catete e influências do boombap de Nova York em ‘KTT Zoo’.

O bairro de Catete, localizado no Centro do Rio de Janeiro, foi um dos principais pilares culturais da cidade, desde os seus primórdios. Designado por indígenas, o local, na última década, se tornou ponto de encontro para diversos integrantes e admiradores do movimento hip-hop. Um deles é Sain, que, a partir destas vivências, lançou nesta sexta-feira (7) o seu terceiro álbum, nomeado KTT Zoo.

Sendo o primeiro totalmente produzido por Stephan Peixoto, o disco apresenta dez faixas, com oito inéditas. Como rotula o próprio autor, trata-se de uma “exposição sonora de quadros” que ilustram os acontecimentos das ruas do Catete e seus peculiares personagens, em que o rapper, ator e produtor musical orquestra as suas rimas em cima de batidas com influência do boombap nova-iorquino dos anos 90 e a estética dos bailes carioca.

Foto: Bel Gandolfo / Ilustração: MUDO

Contribuindo com as crônicas sonoras, o artista conta com as participações de Douglas Carvalho (DG) em Noturno KGL; Febem em Ebi no Tempura; Felp 22 em Lucro; Nochica em Relíquia do Boom Bap; e do londrino Lord Apex em Ignorante. DJ Nuts, por sua vez, traz scratches para as faixas Momentos, Skit Visão, Relíquia do Boom Bap, Demanda e Aquelas Coisas Mais Pra Frente. Já Iori Incorporado ganha os scratches de Erik Scratch. A mixagem e masterização são de Arthur Lunna Beccaris, engenheiro de som contemplado
com três Grammys Latinos.

Além dos audiovisuais de Iori Incorporado, lançado em 2021, e Ebi no Tempura, lançado no dia 14 de
junho, o álbum conta ainda com mais dois videoclipes; Demanda, gravado na Itália e com estreia
programada para às 18h desta sexta-feira; e Aquelas Coisas Mais Pra Frente, gravado no Uruguai, que será
lançado em breve.

A arte da capa é assinada pelo artista visual paulistano Mudo, que dá vida aos personagens e às experiências antropológicas do Catete com suas ilustrações com estética do início da cultura grafite. Em uma obra de audição fácil, beats que arrepiam e linhas que emocionam pela sensibilidade e fluidez, KTT ZOO mostra que o Mr. Slow Flow está de volta mais certeiro do que nunca.

Ouça o álbum abaixo:

Botão Voltar ao topo