Sequestro de 6ix9ine foi planejado por ex membro de sua equipe

A polícia considera que Anthony Jamel Ellison retaliou por “dívidas não pagas”.

É engraçado como o enredo normalmente se revela quando a atenção da mídia se acalma. Isso é verdade para Tekashi 6ix9ine e os detalhes que cercam seu sequestro de julho. Embora muitos observadores estavam abertos à ideia de que o fato teria sido uma farsa, o assalto foi, de fato, um evento planejado.

Dos muitos casos legais que Tekashi está implicado, o sequestro em julho foi o raro exemplo em que os papéis foram revertidos. Com 6ix9ine sentado na cadeira da vítima pela primeira vez, os investigadores foram confrontados para jogar um jogo de atrito. Depois de meses de trabalho através da longa lista de adversários de Tekashi, a polícia está identificando Anthony Jamel Ellison como o cérebro por trás do plano de sequestro.

Acontece que Ellison, um ex-membro da equipe de gerenciamento de Tekashi, foi demitido após a agora infame briga no aeroporto LAX. O TMZ soube que Ellison achava que a ele era devido uma quantia não revelada de dinheiro, porque ele se via como parte integrante da equipe Tr3yway que levava à ascensão do 6ix9ine para o mainstream. Os policiais estão convencidos de que esses sentimentos reprimidos são o que levou à sua ação decisiva com o roubo de carros seguido do sequestro do rapper. Como é frequentemente o caso, as brigas dessa natureza geralmente são sobre “dívidas não pagas”.